Arraial do Banho de São João é atração deste sábado em Corumbá

Sábado, 23 de junho. Hoje é dia do Arraial do Banho de São João de Corumbá, uma tradição secular reconhecida como a melhor festa junina de todo o Mato Grosso do Sul e o único do Brasil que mantém a tradição de banhar o Santo. A festa, promovida pela Prefeitura Municipal, representa a valorização e o resgate das tradições folclóricas e da cultura popular que se manifestam através das rezas e crenças, cujas raízes estão presentes no sentimento e na alma do povo corumbaense.

 

O Arraial começa na casa das famílias festeiras que reúnem parentes e amigos, em momentos de muita fé e devoção, e tem como ponto alto o banho de São João nas águas do Rio Paraguai, na prainha do Porto Geral. Tudo segue um ritual criteriosamente estabelecido pela família responsável pela festa que se prepara desde cedo para o dia da festa.

 

Somente este ano, a Fundação de Cultura do Pantanal de Corumbá cadastrou 92 famílias de festeiros que integram o circuito dessa festa que acontece em mais de 100 residências na cidade, onde as famílias festeiras agradecem pelas graças alcançadas, simbolizando toda devoção e fé a São João Batista.

 

É o caso do radialista Pedro Paulo Miranda, o “Pepê” e a irmã Rita Joana, que mantém a tradição há 47 anos, iniciada quando a mãe deles, “dona Carlinda”, fez promessa pela saúde do filho e teve o pedido alcançado. A partir de então, a mãe, que faleceu em dezembro de 2001, começou a organizar as procissões que levam a imagem de São João para ser banhado nas águas do Paraguai. Inicialmente seria por sete anos, mas o costume atravessou o tempo e até hoje é celebrado no bairro Nossa Senhora de Fátima.

 

Um hábito iniciado pela avó há pelo menos sete décadas, é mantido anualmente pela festeira Reginalda Mendes Vera com a realização do “Arraial da Nhá Concha” no bairro Universitário. Depois da avó, a festa passou para a prima que, fez promessa para resolver um problema de saúde do filho, devendo render homenagens por sete anos.

 

Passado o período e com o pedido atendido, a celebração parou. “Dona Concha”, mãe de Reginalda, resolveu assumir os festejos declarando: “São João, eu vou pegar sua festa, embora com sacrifício, mas vou fazê-la todos os anos”. Com o falecimento da mãe em 2008, a atual festeira deu sequência à tradição.

 

A promessa da avó Maria Mendes Vasquez, feita sete décadas atrás, que pedia saúde a um sobrinho doente, também motivou a família de Anne Aparecida Duarte a levar um andor para banhar a imagem no rio. “Temos muita fé, e se temos problemas, nos apegamos a ele (São João), que nos atende”, afirma Anne, lembrando que todos em sua casa têm devoção ao santo e são católicos de “muita fé em Deus”. As celebrações acontecem sempre na Rua Delamare, próximo à Ladeira Dona Emília.

 

Cinco vezes vencedor do Concurso de Andores da prefeitura, o jovem Alfredo Ortiz Ferraz mantém o costume de mais de 60 anos do avô com a festa de São João na Rua Monte Castelo, no bairro Popular Velha. “Cresci neste espírito junino e de devoção ao Santo, e não quero que isso acabe”, diz.

 

Programação

 

Para este sábado, o Município reservou uma programação diversificada. Começa com a largada simbólica do 1º Enduro do Pantanal no Porto Geral, às 19 horas. Também neste mesmo horário, os andores com as imagens do Santo descem a Ladeira Cunha e Cruz em direção à Prainha, onde São João é banhado nas águas do Rio Paraguai. A expectativa é que mais de 100 andores cumpram esta tradição secular.

 

Um andor que desce a Ladeira Cunha e Cruz é o da Prefeitura. A comncentração acontece às 20 horas na Casa de Cultura Luiz de Albuquerque (ILA), onde será rezado o terço e orações em homenagem a São João Batista. A Banda Manoel Florêncio acompanha a celebração. A roda de Siriri e Cururu também anima a festa e mantém viva uma das tradições do São João de Corumbá.

 

Já no Porto Geral, os cururueiros ficam responsáveis pela elevação do Mastro de São João, que será seguido por um show pirotécnico. A comemoração continua com apresentações de quadrilhas juninas e com as comidas e bebidas típicas oferecidas na praça de alimentação.

 

A programação prevê ainda a Seresta Especial de São João Batista, neste sábado, animada pela Banda Show Corumbá, Porteira do Chamamé e do grupo Canto Nativo. No domingo, dia 24, o Pôr do Som de São João, no teatro de arena do Porto Geral, receberá Osmar Camilo e Grupo Renascer e Os Garotos, a partir das 17 horas.