Em Corumbá, Procon orienta população para compra do Dia das Mães

Pesquisar preços antes de realizar qualquer tipo de compra. Esta é a principal orientação da Gerência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) à população corumbaense, com vista ao Dia das Mães que será celebrado no domingo (13). É o que solicita o gerente do órgão, advogado Alexandre Carmo Taques Vasconcelos. Segundo ele, é preciso muita atenção na hora da compra para evitar problemas no futuro.

 

Lembra que o Código de Defesa do Consumidor determina que todo produto deve apresentar informações corretas, claras sobre suas características tais como preço, garantia, prazo de validade, origem, além dos riscos que possam apresentar à saúde e segurança dos consumidores.

 

“São necessários alguns cuidados para evitar problemas. O consumidor deve evitar comprar por impulso. É preciso pesquisar antes, para evitar problemas futuros. Além disso, se o consumidor optar por algum tipo de promoção divulgada em algum tipo de panfleto, é sempre bom comparecer à loja munido dessa propaganda e exigir cumprimento do que está sendo propagado”, afirmou.

 

Alexandre observa ainda que o consumidor deve estar sempre atento à política de troca de produtos. “Tem que verificar prazo praticado pela empresa para efetuar a troca, exigir a nota fiscal, que também é importante em caso da troca do produto”, solicita. Segundo ele, a população deve estar atenta, inclusive em relação a compras via Internet, consideradas mais fáceis.

 

“Tem que observar prazo de entrega, solicitar nota fiscal, ver outras formas de pagamento que não seja apenas o cartão de crédito, como também a devolução do valor pago pela compra, em caso de arrependimento”, ressaltou para lembrar que o consumidor tem direito à devolução do valor pago, em caso de arrependimento em ate sete dias, após a compra, conforme o artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor.

 

Em caso de dúvidas, o consumidor pode procurar o Procon Municipal que está localizado na Rua 15 de Novembro, 4000, na Casa da Cidadania. O atendimento pode ser feito também pelos telefones (67) 3907-5332 /3907-5431/3231-9758.