Campanha de vacinação contra a gripe mobiliza corumbaense

Iniciada neste sábado (5), a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza mobilizou 14 unidades de saúde de Corumbá. Desde as primeiras horas da manhã, a movimentação foi grande em quase todos os postos, principalmente pela procura das pessoas com mais de 60 anos. A campanha vai até o dia 25 de maio.

 

Na Unidade de Saúde da Família Breno de Medeiros I, onde um ato marcou a abertura da campanha, o secretário municipal de Saúde, Lauther da Silva Serra, foi um dos primeiros a ser imunizado. “A vacina é importante porque ela não apenas previne contra a gripe comum, mas também contra a Influenza A, a H1N1, que pode ser bastante grave para os grupos de risco”, lembrou o secretário.

 

No município a meta é vacinar 15,4 mil pessoas, sendo 9.617 idosos, 1.488 gestantes, 2.976 crianças, 1.190 trabalhadores em saúde e 155 indígenas. Na zona rural, as doses serão disponibilizadas de acordo com o calendário de cada localidade. No Pantanal, elas serão oferecidas durante as ações do Programa Social Povo das Águas.

 

A mobilização foi até às 12 horas nas nidades de Saúde da Família São Bartolomeu, localizado na Rua Pernambuco, s/n, Bairro João de Deus; Ênio Cunha, na Alameda Tamengo. s/n, Bairro Cervejaria; Popular Velha, na Rua Teodomiro Serra, s/n, Bairro Popular Velha; Fernando Moutinho, na Rua Rio Grande do Sul, s/n, Bairro Cristo Redentor; Vitória Régia, na Rua Rio Grande do Sul, s/n, Bairro Cristo Redentor; Breno de Medeiros I, na Rua Cyríaco de Toledo, s/n, Bairro Popular Nova;

 

Paulo Mayssato, na Rua Cyríaco de Toledo, s/n, Bairro Nova Corumbá; Kadwéus, na Rua Cyríaco de Toledo, s/n, Bairro Kadwéus; Beira Rio, na Rua Delamare, 384, Bairro Beira Rio. Outras unidades são o Gastão de Oliveira, na Rua Nossa Senhora da Conceição, s/n, Bairro Maria Leite; Dom Bosco, na Alameda das Laranjeiras, 170, Bairro Dom Bosco; Aeroporto, na Rua Alan Kardec, lote 09, Bairro Aeroporto; Centro de Saúde da A campanha nacional continua até o dia 25 de maio.

 

Prevenção

 

Aos 73 anos, Benedito Augusto Oliveira acordou cedo para garantir mais a vacina contra a gripe. “Trabalho com pesca, então tenho que estar com a saúde em dia”, justificou. Assim como ele, Aurio José da Silva, 75, também toma a dose todos os anos. “Nunca tive nenhuma doença na vida porque sempre me preveni. Isso é muito importante”, afirmou o morador do bairro Nossa Senhora de Fátima. Gravida de oito meses, Jakeline Magalhães Maciel foi imunizada contra a Influenza pela primeira vez.

 

“Doeu um pouco, mas não é nada perto do bem que a vacina fez”, comentou a jovem de 19 anos. Com um ano e dez meses de idade, o pequeno Oelton Júnior foi acompanhado dos pais Carolina e Oelton e, em menos de 5 minutos, já estava voltando para casa. “Foi bem rápido. Agora já podemos ficar mais tranquilos com ele durante todo o ano”, afirmou a mãe. Durante a semana, só os postos Beira Rio, Aeroporto, Humberto Pereira e Kadwéus não vão disponibilizar a vacina. Os moradores desses locais serão encaminhados aos postos mais próximos.