Ruiter anuncia nova parceria com Polícia Militar em projeto social

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) anunciou terça-feira (03), uma nova parceria com o 6º Batalhão de Polícia Militar de Mato Grosso do Sul. Desta vez será na realização do projeto ‘Bom de Bola, Bom na Escola', desenvolvido pela instituição militar em outras cidades do Estado e que está sendo lançado em Corumbá pelo comando local da PM. A apresentação foi na tarde de ontem, durante evento no auditório do Sindicato Rural de Corumbá. Na oportunidade, o chefe do executivo corumbaense oficializou a participação do Poder Executivo, destacando que o projeto vem ao encontro da política adotada pela sua administração, voltada para atender a juventude corumbaense.

"Vamos participar. Somos parceiros", disse taxativo o prefeito, após ouvir atentamente a apresentação do projeto, feita pelo coordenador estadual, major Juracy Pereira da Paz. Ruiter participou do lançamento a convite do comandante do 6º BPM, tenente-coronel Waldir Acosta. Estava acompanhado do diretor-presidente da Fundação de Esportes de Corumbá (Funec), Heliney Miranda Junior, que já recebeu a incumbência de manter os entendimentos com a Polícia Militar, para oficialização dessa parceria.

"Projeto de que visa oportunizar às crianças, uma perspectiva melhor de vida, terá sempre o apoio da Prefeitura", observou Ruiter, para destacar ainda que o ‘Bom de Bola, Bom na Escola' será inclusive um complemento dos programas e projetos já desenvolvido pelo Município, voltados a esta camada da população. Entre eles, citou o programa ‘Geração Olímpica' que atende adolescentes nas mais diferentes atividades esportivas, inclusive o futebol.

Miranda afirmou que o prefeito já deu sinal verde para aprofundar esta pareceria com a Polícia Militar. "Vamos iniciar os entendimentos e ver de que forma poderemos contribuir, se com espaço físico, com material esportivo, professores, enfim, a Prefeitura vai estar junto na realização do projeto", comentou.

Ampla parceria

O comandante da Polícia Militar agradeceu o apoio recebido da Prefeitura e lembrou que o projeto necessita realmente de uma ampla parceria na cidade para obter sucesso. Conclamou os demais órgãos públicos a participar, como também a iniciativa privada. "Todos serão importantes na realização de mais um projeto dentro da Polícia Militar, que busca minimizar os índices de criminalidade", disse, lembrando o Proerd, Equoterapia, entre outros.

Segundo o coordenador geral, major Pereira, o projeto é desenvolvido pela corporação em Mato Grosso do Sul há dois anos. Atende adolescentes com idades entre 12 e 17 anos aproximando a polícia da comunidade, da escola e da família. "Mais do que a prática do futebol, o projeto visa também levar aulas de cidadania às crianças, ressaltando a importância dos estudos e da família, bem como ações contra violência e drogas", afirmou.

O projeto vai atender também a cidade de Ladário. Na região será coordenado pelo subcomandante do 6º BPM, major Marcos Vinicius Lacerda Villamil. Em princípio, estão previstas 50 vagas. Pode chegar a 100. Lacerda observa que, para participar, o adolescente tem que estar frequentando a escola, apresentar boas notas, demonstrar bom relacionamento e comportamento, além do interesse em praticar esporte.