Pequenos produtores comemoram manutenção de ônibus rural

A manutenção do transporte coletivo na zona rural de Corumbá foi bastante comemorada pelos pequenos produtores da região. Para muitos, o ônibus é a única alternativa de aceso à cidade. "Foi uma ótima solução. Mesmo com o valor um pouco mais alto, o serviço vai continuar atendendo nosso assentamento", afirmou Sebastião Nunes Monteiro. Conhecido pelo apelido de "Piloto", ele mora no Taquaral II Norte há mais de 16 anos.

"Essa questão do ônibus vem de muito tempo. Agora estamos perto de uma solução definitiva. É uma grande alegria", complementou o parceleiro. Para Eduardo Dias Braga, delegado sindical do assentamento São Gabriel, a manutenção do transporte coletivo na área rural foi conseguência do trabalho integrado da empresa, Prefeitura e dos usuários. "Foi a melhor alternativa para todos", afirmou o assentado, que mora no local desde 2005.

Quanto à tarifa, Eduardo garantiu que todos os outros pequenos produtores estão de acordo com o novo valor, que passa a valer a partir do dia 09 de abril. "Já tínhamos discutido isso com a base e todos concordaram com o aumento. Até porque o valor era o mesmo já há vários anos", declarou. Segundo o superintendente de operações da Canarinho, Cleber Rodrigues, as medidas definidas nesta quarta-feira também vão beneficiar a empresa.

"A defasagem no valor era de 10 anos. Acredito que hoje encontramos a melhor alternativa para os usuários e a concessionária", afirmou. Cleber garantiu ainda que os itinerários serão mantidos de acordo com o que ficou definido na reunião. Nos últimos quatro dias a empresa havia remanejado algumas linhas, o que gerou reclamações entre os assentados. "A partir de agora tudo volta ao normal", reiterou o representante da Canarinho.

Para o diretor-presidente da Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat), Gerson Moraes, o diálogo entre todas as partes foi o diferencial para a situação fosse definitivamente resolvida. "Nos reunimos várias vezes. Conversamos, apresentamos propostas e buscamos alternativas para que o serviço não fosse interrompido. Felizmente chegamos a um consenso e o transporte coletivo está assegurado para os moradores da zona rural de Corumbá", destacou.

Além do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT), o secretário de Gestão Governamental, Cássio Augusto da Costa Marques; o procurador geral do Município, Marcelo Dantas; o subsecretário de Relações Institucionais, Lamartine de Figueiredo Costa, e a diretora-presidente da Fundação de Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário, Luciene Deová, também participaram do encontro.