Grupamento de Trânsito segue com ações nas escolas de Corumbá

O Grupamento de Trânsito da Guarda Municipal de Corumbá continua nesta semana a operação "Dia E". A ação se concentra nas proximidades de escolas e acompanha a entrada e saída dos alunos, além de fiscalizar o cumprimento dos artigos previstos no Código Brasileiro de Trânsito, que, entre eles, prevê a redução da velocidade em frente de escolas e assim garantir a segurança dos estudantes. 

A ação, realizada uma vez por semana durante todo o mês de abril, já está surtindo resultados. Destaque para os condutores que não utilizavam cinto de segurança. Das 70 lavradas pelos agentes de trânsito, 28 tinham como causa a falta de uso do equipamento de segurança. Segundo a Guarda Municipal, a ação não busca ser apenas repreensiva, mas educativa e assim diminuir as infrações e os acidentes na cidade. O levantamento mostra que somente em um dia, três ocorrências foram atendidas durante a primeira ação.

Na última quarta-feira, os agentes de trânsito atenderam um acidente próximo a escola Delcídio do Amaral; queda de ciclista em frente à escola Barão do Rio Branco e colisão entre motocicleta e veículo nas proximidades da escola Maria Leite. Durante o "Dia E", doze duplas de Agentes de Trânsito vão fiscalizar o período de entrada e saída dos estudantes e o tráfego de veículos ao longo do dia. Os condutores devem ficar atentos aos limites de velocidade permitidos em frente das escolas, de acordo com Código Brasileiro de Trânsito, deixar de reduzi-la é considerada infração gravíssima.

O comandante da Guarda Municipal de Corumbá, tenente-coronel Ubiratan de Oliveira Bueno, explicou que os agentes já fiscalizam diariamente o trânsito nas proximidades das escolas, mas é impossível atuar em todas ao mesmo tempo. "Por isso é feito um revezamento e temos ainda que fiscalizar as demais infrações como caminhões e carretas circulando em local proibido, transporte irregular de passageiros e outras infrações", comentou. Segundo Ubiratan, com essa ação é possível priorizar a segurança dos estudantes. "Cabe a nós, como condutores, termos a consciência que a pressa em frente a uma escola pode ser fatal", alertou.

Fiscalização

Além das ações do "Dia E" nas escolas de Corumbá, o Grupamento de Trânsito vai atuar também com ações preventivas e repressivas para uma série de infrações cometidas no trânsito. Segundo o cronograma do dia 09 a 15 de abril, o uso do cinto de segurança durante a condução de veículo, bem como para passageiros, será cobrado com mais rigor e principalmente nos bairros da cidade.

Do dia 16 a 22 de abril, que compreende a Semana 03, os agentes vão priorizar a fiscalização de equipamentos obrigatórios em motocicletas e carros. Na última semana de abril (23 a 29) os motociclistas devem ficar atentos ao uso dos capacetes. Durante as fiscalizações, a Getran vai cobrar o selo do Inmetro, viseira e uso da jugular.

Ubiratan explicou que apesar dessas fiscalizações, os serviços considerados prioridades não sofrerão prejuízos. Os agentes continuarão atuando no combate ao transporte irregular, fiscalizações no horário de entrada e saída de escolas, carretas e caminhões em área proibida e no entorno do Hospital de Caridade. Segundo ele, a intenção é prevenir acidentes de trânsito, seja envolvendo apenas veículos ou pedestres. Caso aconteça, o trabalho preventivo e repressivo busca alertar os condutores sobre a importância do uso correto dos equipamentos de segurança.