Estrutura do festival começa ser montada na segunda em Corumbá

Começa na segunda-feira (16), a montagem da estrutura da nova edição do Festival América do Sul. O evento é uma realização do Governo do Estado e Prefeitura de Corumbá e acontece entre os dias 26 e 30 de abril. Neste ano o palco de dança estará localizado na Avenida General Rondon. A praça Generoso Ponce abrigará o Pavilhão dos Países com sua já tradicional Feira de Artesanato, a Galeria dos Homenageados, o Palco das Américas.

O Pavilhão dos Países foi pensado de forma que o local reforce a proposta de integração trazida com o Festival. Ele será aberto, seguindo o conceito de feiras existentes nos países sul-americanos, onde os produtos ficam expostos nas ruas, ou seja, os estandes estarão voltados para o lado de fora da via. Nele acontecerão também oficinas de artesanato.

A Galeria dos Homenageados com sua programação visual apresentará informações sobre a vida e o trabalho realizado pelas cinco personalidades escolhidas pela organização do evento: os músicos Dino Rocha e José Antonio Monaco Filho, a arquiteta Maria Margareth Escobar Ribas Lima, a ativista cultural Eloisa Hurt e o escritor uruguaio Leonardo Garet. A estrutura que será montada para as apresentações de shows musicais de artistas regionais, nacionais e internacionais será a mesma:o Palco da Américas.

Centro de Convenções do Pantanal de Corumbá Miguel Gómez será o local das exposições de artes plásticas, fotografia, exibições audiovisuais, oficinas e palestras. As apresentações de artes cênicas acontecerão na Praça da Independência, no Palco Pantanal que ficará no Porto Geral e no teatro da Escola Salesiana de Santa Teresa, e no Auditório do Moinho Cultural Sul-Americano e na Praça Nossa Senhora dos Remédios, em Ladário.

Já na sede do Moinho Cultural Sul-Americano, as manhãs serão dedicadas à Literatura com o "Quebra-Torto com Letras". A visitação turística permanece na Estação Natureza Pantanal – Fundação Grupo Boticário, no Museu de História do Pantanal e na Casa do Artesão de Corumbá. (Com informações da Assessoria da Fundação de Cultura)