Em Corumbá, projeto melhora saúde bucal de idosos no Conviver

Projeto desenvolvido pela Prefeitura de Corumbá está facilitando acesso da pessoa idosa aos serviços de saúde pública, especialmente na área da odontologia. Nesta quarta-feira (25), a Coordenadoria de Saúde Bucal da Secretaria de Saúde deu sequência ao programa Envelhecer Sorrindo que, mais uma vez, está atendendo pessoas cadastradas no Centro de Convivência dos Idosos, por meio de uma triagem para posterior encaminhado à unidade de saúde mais próxima da residência do paciente, ou mesmo ao Centro de Especialidade Odontológica e até ao gabinete odontológico do Pronto Socorro Municipal.

A triagem foi realizada por uma equipe da própria Coordenadoria de Saúde Bucal. “Vamos ficar aqui durante toda esta quarta-feira e a expectativa é atender em torno de 200 idosos”, observou o cirurgião dentista Pedro Henrique Katurchi Mendes, responsável pelo atendimento no Conviver. Em um primeiro momento, conforme o profissional, a maior demanda estava relacionada a prótese dentária.

O coordenador de Saúde Bucal, Zacaria Yahya Omar, acompanhou os trabalhos pela manhã e destacou a importância do projeto Envelhecer Sorrindo que “faz parte de uma política de saúde bucal adotada pela administração do prefeito Ruiter Cunha, para garantir a adequação da saúde oral da melhor idade, de modo a restaurar as condições vitais de um ser humano, representados pelas funções mastigatória, digestiva e da fala”, observou.

A triagem no Conviver foi uma decisão de toda equipe de Saúde Bucal da Prefeitura. Segundo Zacaria, isto está permitindo saber as principais necessidades, o que vai permitir agilizar encaminhamento do paciente às unidades de saúde mais próximas da residência, ou mesmo ao Centro de Atendimento Odontológico e até outros locais, dependendo da demanda. “Após a triagem, vamos analisar as necessidades de cada um e encaminhá-los aos locais específicos para atendimento do agravo identificado”, informou, alegando que o levantamento permite que o paciente seja atendido em um gabinete odontológico com maior estrutura, eliminando inclusive o processo burocrático, as filas, “fazendo valer o direito dos idosos”.

Zacaria enalteceu o trabalho de toda sua equipe, destacando a atuação do chefe do setor de Atenção Especial em Saúde Bucal, Wagner Massaruhá, e da chefe de Atenção Básica, Silvia Medeiros, que estão participando ativamente do projeto Envelhecer Sorrindo, que é desenvolvido também no Asilo São José e no Kadwéus.

O coordenador administrativo do Conviver, Otomilton de Jesus Correa, elogiou o programa. Segundo ele, já é o sexto ano consecutivo que os idosos do Conviver são atendidos pela equipe da Saúde, numa parceria com a Secretaria de Assistência Social e Cidadania. “Está sendo fundamental. Hoje, todos os cadastrados no Conviver, estão tendo acesso a atendimento odontológico. Antes, eles nem sabiam como chegar ao local para fazer o tratamento. O programa levantou a autoestima deles”.

Luiz Carlos de Souza também elogiou a ação. Com problemas nos dentes incisivos central da parte superior, ele foi um dos atendidos na manhã desta quarta. “Sempre tive este problema e, hoje, consultei o dentista. Vou ter que colocar um aparelho para corrigir”, informou, comemorando, apesar dos 56 anos, a oportunidade de corrigir o problema.