Corumbá é premiado como melhor gestão em saúde bucal do país

O serviço oferecido pela saúde bucal em Corumbá se torna referência para todos os municípios do Brasil. "É um reconhecimento e valorização de uma política que procuramos implantar desde o início do primeiro ano de nossa gestão. A saúde bucal precisava ser valorizada e implementada para que pudéssemos ter realmente a nossa população bem atendida", disse o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) se referindo ao prêmio "Brasil Sorridente", o qual o município pantaneiro venceu em primeiro lugar na categoria entre 50 e 300 mil habitantes.

Oferecido pelo Conselho Federal de Odontologia, juntamente com o Ministério da Saúde, o "Brasil Sorridente" foi oficialmente entregue durante solenidade no último sábado (14). Para Ruiter, o título coroa o trabalho da equipe de saúde bucal da secretaria municipal de Saúde."Todos os que militam nessa área são os grandes responsáveis por esse título. Esse reconhecimento se deve a dedicação, ao empenho incessante pela melhoria e qualificação do atendimento aos nossos pacientes, à nossa população", complementou.

Além do reconhecimento nacional, como melhor gestão pública entre os municípios entre 50 a 300 mil habitantes, o prêmio incentiva os profissionais e gestores públicos a manterem o mesmo nível de qualidade. "Fica o compromisso maior, que é continuar apostando na saúde pública, apoiando as reivindicações e os resultados da saúde bucal, para que possamos cada vez mais ter ações com qualidade", assegurou o chefe do Executivo corumbaense.

O secretário municipal de Saúde ressaltou o avanço positivo no serviço oferecido pela odontologia em Corumbá. "Nada melhor do que um reconhecimento justo pelo trabalho que tem sido desenvolvido tanto pelos odontólogos, como pela secretaria municipal de Saúde. É motivador, temos a sensação do dever cumprindo e estamos batalhando para que a cada dia fique muito melhor", declarou.

Contando com 53 cirurgiões dentistas e 41 auxiliares, que realizam 191 mil atendimentos durante o ano, as ações preventivas e educativas realizadas pelas equipes da Saúde Bucal do Município, bem como a valorização profissional de toda a rede envolvida estão surtindo resultados. Pelo quinto ano consecutivo, Corumbá registra redução no índice de cáries entre crianças e adolescentes na faixa etária de 06 a 14 anos. Levantamento Epidemiológico de Cárie (CPOD) foi de 1,77, bem abaixo do valor preconizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), equivalente a 3,0.

"É a demonstração de um trabalho de qualificação de seriedade e uma atenção mais especializada para toda a população. Para chegar a um prêmio como esse é importante que se garanta uma assistência odontológica de maneira que atenda a todas as esferas e segmentos", explicou o coordenador em Saúde Bucal, Zacaria Omar. Segundo ele, os pacientes que recorrem à rede municipal de saúde bucal contam com um serviço bem semelhante ao proporcionado na rede privada.

"Corumbá tem trabalhado exaustivamente na assistência odontológica e procurou investir e aprimorar dois eixos fundamentais na assistência odontológica que é o eixo da vigilância em saúde, através da promoção e prevenção da saúde bucal e o eixo da qualificação", complementou. Além de Corumbá, receberam o prêmio a cidade de Itanhandu, em Minas Gerais, na categoria de municípios com até 50 mil habitantes e Curitiba entre os que têm acima de 300 mil.