Com novos serviços, 17º Povo das Águas começa na segunda-feira

A 17ª edição do Programa Social Povo das Águas começa nesta segunda-feira (23) no Porto Maracangalha. Durante todo o dia, a equipe da Prefeitura de Corumbá ficará no local atendendo os moradores da região de São Domingos Ramos. Na terça-feira, dia 24, os serviços serão disponibilizados no Porto do Zequinha, no Castelo, das 8h às 12 horas, e na Ilha Verde (Porto Laranjeira), no Paraguai Mirim, das 14h às 17 horas.

Na quarta-feira, a ação chega à extensão Paraguai Mirim da Escola Municipal Rural Pólo Porto Esperança. Neste dia serão assistidos os ribeirnhos cadastrados na região do São Francisco, Bonfim, Mato Grande e Porto Chané. Na quinta (26) a equipe estará na extensão São Lourenço do Pólo Porto Esperança, onde serão beneficiadas as famílias do Amolar e da Barra do São Lourenço.

Na sexta-feira (27) os trabalhos continuam na Barra do São Lourenço, quando serão atendidas as comunidades mais isoladas do alto Pantanal. O último porto visitado será o Novo Horizonte, cerca de 100 quilômetros distantes da sede da escola. No sábado, quando o barco estiver retornando a Corumbá, serão atendidas as famílias que vivem no Tuiuiú, Piuval, e capim Gordura.

Novos serviços

Essa será a primeira edição do Programa Social Povo das Águas realizada na parte alta do Pantanal em 2012. Até o final do ano, outras duas ações serão desenvolvidas no local. Além dos serviços médicos, odontológicos, sociais e educacionais oferecidos pela Prefeitura, dois fisioterapeutas, que farão um trabalho de reeducação corporal com os ribeirinhos.

"Como são pescadores, passam muitas horas do sentados em uma posição desconfortável. Com o passar dos anos, as dores pelo corpo, principalmente nas costas, ficam mais agudas. Essa foi uma reclamação constante registradas pelo médicos nas outras ações", afirmou a secretária especial de Integração das Políticas Sociais, Beatriz Cavassa de Oliveira, coordenadora do Programa.

Para as crianças, a Prefeitura vai levar brinquedos, doados pela Receita Federal, e doces. As secretarias municipais de Assistência Social e Cidadania, Saúde, Educação, a Fundação de Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário e a Defesa Civil também participam do Povo das Águas, que só no ano passado realizou 6.219 atendimentos nas nove ações de 2011.