Ações de combate à dengue ganha reforço de mais 50 pessoas

A Prefeitura de Corumbá está disponibilizando mais 50 trabalhadores para reforçar as equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), nas ações de prevenção e combate à dengue. São pessoas contratadas por período determinado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura, Habitação e Serviços Urbanos. Todos estavam desenvolvendo outras atividades e, diante do aumento do número de notificações da dengue na região, o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) autorizou a cedência.

O reforço dos 50 trabalhadores é considerado de extrema importância para a Secretaria de Saúde dar sequência aos trabalhos de prevenção e combate à dengue. Vai assegurar um melhor trabalho de campo, principalmente de eliminação de focos da doença causada pelo mosquito Aedes aegypti. Este é o segundo grupo disponibilizado pela Secretaria de Infraestrutura à Saúde. Antes, outros 40 já haviam sido cedidos.

A decisão agradou a coordenadora geral de Vigilância em Saúde, médica veterinária Viviane Ametlla. "Será um grande reforço. Estamos com equipe reduzida e estes trabalhadores vão auxiliar bem os trabalhos", disse, lembrando demissões ocorridas devido a falsos registros diários sobre ações de combate à dengue, como também casos de licenças médicas. Observou que o Exército Brasileiro mantém a parceria com a Prefeitura e que os militares deverão reforçar as equipes a partir da conclusão de treinamentos que eles estão fazendo dentro das instituições militares.

Para a coordenadora, o reforço no atual momento é fundamental. Ela lembra que, até a 15ª semana epidemiológica, Corumbá já havia notificado 633 casos da doença, dos quais 65 confirmados. Somente na semana 15 foram 215 notificações. "Estamos com uma série de ações na cidade, principalmente em regiões com maior incidência da doença e estes 50 trabalhadores vão contribuir bastante para a melhoria dos trabalhos", comemorou.