Comunidade já comemora quadra e um centro de educação infantil

Na região dos conjuntos Vitória Régia e Camalote, no Bairro Cristo Redentor, a Prefeitura de Corumbá já iniciou a construção de mais uma quadra poliesportiva coberta. Em alguns dias, no mesmo local, um outro empreendimento começa ser erguido, o centro de educação infantil. As duas obras fazem parte de uma proposta do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) de investir na educação e, ao mesmo tempo, criar espaços para praticas esportivas e culturais tanto para os alunos da Rede Municipal de Ensino, como também para a própria comunidade residente no entorno. E, na região, crianças e adultos já celebram estas conquistas.

"Vai ser muito bom pra gente e a quadra melhor ainda", comemora o pequeno João Vitor da Silva Rodrigues, 9 anos, aluno da 5ª série da Escola Municipal Fernando de Barros. Até 2011, ele estudava um anexo deste estabelecimento de ensino existente no conjunto Vitória Régia. No entanto, ao passar para 5ª série, foi obrigado a estudar no prédio da unidade escolar no Bairro Centro América, um pouco mais distante da sua casa.

Enquanto brincava com amigos, João Vitor dizia que não vê a hora da quadra poliesportiva ficar pronta. "Vamos tem um lugar pra jogar bola", diz, lembrando que, a única opção no momento, dele e dos seus amigos, é brincar em frente à sua casa, na Rua Cáceres. Para Maria Aparecida Rodrigues, 32 anos, mãe de João Vitor, a quadra será muito bem vinda para a comunidade local. "São coisas boas que estão acontecendo. Hoje, não temos espaços para as crianças e esta quadra será muito importante para elas", ressalta.

A dona de casa demonstra mais otimismo ainda ao ser informada que, naquele mesmo espaço, a Prefeitura vai construir ainda um centro de educação infantil e já projeta uma nova escola para atender as crianças da região. "Será melhor ainda. Vamos tem tudo aqui, bem próximo da gente", celebra. Quem também demonstra satisfação é sua vizinha, Elisandra Cunha Romão, 20 anos. Enquanto seus sobrinhos brincavam com João Vitor, ela enaltecia o fato da Prefeitura estar construindo uma quadra na região, "um espaço para as crianças que hoje brincam nas ruas". Sobre o centro de educação infantil observou que será melhor ainda: "não temos nenhum perto da gente. O bairro precisava disso", enfatizou.

Obras

As obras do centro de educação infantil devem ser iniciadas em breve. A empresa vencedora do processo licitatório aguarda somente autorização para começar os serviços. A limpeza da área já foi feita e o prédio será erguido em um espaço de 40 X 72 metros, com frente para a Rua Paraná, junto à quadra e, no futuro, a mais uma escola da Rede Municipal de Ensino, cujo projeto já está tramitando em Brasília.

O CEI e um dos três que a Prefeitura vai implantar na cidade, beneficiando as comunidades do Maria Leite, Guató e Camalote/Vitória Régia. As obras serão executadas com recursos do Governo Federal e contrapartida do próprio Município, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC Social). As unidades vão beneficiar 646 crianças, abrindo vagas para 216 em cada uma delas. A verba, R$ 5.095.514,52, foi assegurada pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT).

Cada centro de educação infantil está orçado em R$ 1.698.504,84. Os recursos destinam-se à construção e aquisição de equipamentos e mobiliário para creches e pré-escolas públicas da educação infantil. O prefeito lembra que a meta da Prefeitura é buscar atender a população e não deixar nenhuma criança fora dos bancos escolares. Ele lembra que, além dessas três unidades, um outro centro de educação infantil está em construção no bairro Guató, junto ao conjunto habitacional do PAC Casa Nova.