Carnaval consolidou imagem de Corumbá e do MS, afirma Ruiter

Em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (05), o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) enalteceu as potencialidades econômicas e sociais que envolvem o Carnaval de Corumbá. Além da circulação de renda, que chegou a R$15 milhões de acordo com levantamento apresentado durante o encontro com a imprensa corumbaense, a folia também contribuiu para a ampla divulgação da cidade, do Pantanal e principalmente de Mato Grosso do Sul.

Na avaliação de Ruiter, o reconhecimento passa pela movimentação de turistas na cidade, que segundo a pesquisa passou dos 15 mil, o grau de satisfação destes visitantes e o nível de profissionalização dos protagonistas da festa. "Em um momento o Carnaval foi considerado apenas uma festa, depois passou pela revitalização de uma história que foi nossa, agora nós já passamos este estágio. Hoje está consolidado, potencializa a nossa economia, gera dividendos para quem necessita e movimenta toda a rede do comércio" observou, lembrando como começou a histórica folia carnavalesca da cidade até a solidificação como o maior e melhor Carnaval do Centro-Oeste.

Levantamento feito pela Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal nos dias 17 e 21 de fevereiro mostrou que dos 15 mil visitantes, 82% são de Mato Grosso do Sul; 6% de São Paulo; 5% do Rio de Janeiro; 3% de Mato Grosso, mesmo número de turistas provenientes do Paraná e 1% de Minas Gerais. Além de toda a movimentação na cidade, Corumbá se fez presente na Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro, sendo homenageada no enredo "Corumbá – Ópera Tupi – Guaikuru" pela Inocentes de Belford Roxo. Com um público estimado em 70 mil pessoas, a arena do samba carioca conheceu o município de MS que detêm a maior parcela do Pantanal e é reconhecido pela sua riqueza cultural.

Além das pessoas que prestigiavam o desfile da agremiação na Sapucaí, emissoras de rádio, televisão, jornais e sites de notícias falavam da cidade homenageada e, principalmente, reforçavam que Corumbá está localizada no estado de Mato Grosso do Sul. "Tivemos a oportunidade de ver toda hora falando ‘Corumbá no Mato Grosso do Sul'. O carnaval foi importante para divulgar não apenas a cidade, como também o Pantanal e o nosso Estado que tantas vezes é confundido com Mato Grosso", observou. "É o Carnaval de Corumbá contribuindo para consolidar a divulgação de nossa região", complementou Ruiter.

Cláudia Leitte

Durante a coletiva, o prefeito de Corumbá fez questão de lembrar o show de Cláudia Leitte. Na visão dele, a apresentação da artista baiana e de outros grupos de renome nacional, como Revelação, Adriana Ribeiro e Tchakabum, ajudaram a qualificar a folia e mostrar que a cidade está pronta para promover eventos de grande porte. "Quando nós ousamos trazer a Cláudia Leitte e outros artistas pretendíamos qualificar o nosso carnaval. É dizer para as pessoas que vivem aqui e as que nos visitam que de fato estamos preparados para fazer uma festa em todos os níveis", afirmou.

Parte da bilheteria arrecadada com o show da cantora baiana será destinado para as melhorias do Hospital de Corumbá. E o recurso está assegurado, disse Ruiter. "Uma parte da renda será revertida para atender uma parcela importante das necessidades do nosso Hospital de Corumbá e isso já está assegurado. Foram separados R$70 mil da arrecadação e já falamos para a direção da entidade que o recurso está disponível", disse. "Importante ressaltar que esse recurso deve ser aplicado na melhoria das enfermarias daquela entidade. Assim que estiver pronto todo esse processo o recurso será repassado", certificou o prefeito.