CAPS ad: em quatro anos, mais de 1,5 mil pacientes cadastrados

Inaugurado em 04 de março de 2008, o Centro de Atendimento Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS ad) comemorou nesta sexta-feira (02) quatro anos de atendimento aos dependentes de substâncias psicoativas. Com direito a parabéns e bolo de aniversário, a festa foi marcada por relatos emocionantes de pessoas que estão conseguindo superar o vício e se reestruturar socialmente. "Graças ao CAPS estou recomeçando minha vida com a cabeça fixa no que eu quero", disse um dos jovens que luta contra a dependência das drogas.

"Eu ficava jogado na rua, perdido, sem rumo por causa da bebida. Até que conheci o CAPS ad. Estou aqui há um ano e oito meses sem faltar um único dia e sem colocar um gole de pinga na boca. Tudo que eu perdi, estou recuperando aqui", contou um senhor já com mais de meio século de vida. "Eu parei de beber, voltei a me estruturar e encontrei um novo sentido para a vida", disse um outro paciente. Entre os mais velhos, o álcool é a grande barreira a ser superada.

"Andava sempre muito embriagado, caindo pelas ruas. Era um chefe de família que não tinha respeito e nem consideração dentro de casa. Eu estava afastando minha mulher e meus filhos de mim. Até que tive a felicidade de encontrar um médico que me encaminhou para cá. Hoje me sinto feliz por ter encontrado essa casa. Faço dela minha escola e minha igreja", afirmou um outro senhor. "Aqui temos um trabalho silencioso que está me devolvendo, aos poucos, tudo que eu tinha perdido", complementou.

"Eu estou há dois anos sem drogas. Usava pasta base, o que me levava a roubar e fazer muitas coisas erradas para conseguir sustentar meu vício. Andava sem rumo, sujo, sem perspectiva. Hoje me trato no CAPS e faço um curso durante a noite. Queria aproveitar para agradecer a todos os funcionários por essa mudança radical em minha vida", relatou um jovem. Desde de 2008 o Centro de Atendimento Psicossocial Álcool e Drogas atendeu mais 1,5 mil pacientes.

Hoje são 45 em tratamento ambulatorial diário. "Estamos em uma região de fronteira, onde o acesso às drogas é relativamente fácil. Mas estamos conseguindo desenvolver nosso trabalho ajudando essas pessoas que nos procuram. Na verdade, se não fossem nossos pacientes, nada disso seria possível", afirmou a psicóloga Silvia Segóvia Freire, coordenadora do CAPS ad. O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) participou da festa, a exemplo do que fez em todos os anos anteriores.

"Vocês são todos vencedores. Estão mostrando coragem e força de vontade para procurar uma melhor situação de vida. Esse, talvez, seja o passo mais difícil que vocês irão dar nesse longo caminho. É admitir que precisam de ajuda. E ficamos muito felizes quando ouvimos vocês próprios dizerem que os resultados são positivos", disse Ruiter, destacando também a importância de cada uma dessas pessoas para o desenvolvimento social e econômico do município .

"É importante para nós, enquanto Poder Público, que vocês saiam daqui vitoriosos. Isso, sem dúvida alguma, é uma conquista para toda a cidade. Por isso desejamos que sigam com essa vontade, esse desejo de mudar. Saibam que o maior presente para nós da Administração Municipal e para o CAPS ad, é essa determinação e vontade de superação que cada um de vocês carrega consigo", finalizou o prefeito. Hoje o CAPS ad trabalha com uma equipe multidisciplinar de 16 pessoas.

Além da coordenadora, integram o Centro de Atendimento Psicossocial a terapeuta ocupacional Liliane Pinho de Almeida; a educadora física Sheila Duarte de Amorim; a assistente social Maria Etelvina de Oliveira; a psicóloga Ana Lúcia Provenzano; a psiquiatra Daniella Brunelli de Santana; o médico Manoel João Oliveira; o dentista Marcelo Colombo; o auxiliar de dentista Allan Douglas Coelho; a professora de artesanato Odelta Mariza Lopes;

O enfermeiro Huanderson de Lima Santos; o auxiliar de enfermagem Benedito Rosa de Campos; o agente de serviços de saúde José Marcio Preza; o motorista Cleyton Rodolfo Ferreira; a auxiliar de serviços gerais Elizabeth da Costa Soares; e o guarda municipal Wandi de Mello. O CAPS ad funciona na rua Cabral, 1.208 – Centro. O telefone de contato é o 3907-5427.