Fantasias para o Carnaval Cultural podem ser encontradas no ILA

As fantasias da Ala das Pastorinhas e do Bloco do Marinheiro já estão sendo disponibilizadas pela Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal de Corumbá parra o Carnaval Cultural no dia 21 de fevereiro, no encerramento da maior folia do centro oeste brasileiro. Os interessados devem procurar a Casa de Cultura Luiz de Albuquerque (ILA), localizada na Rua Praça da República, nº. 119, no centro da cidade, no horário das 8 às 17 horas.

Para participar do Bloco dos Marinheiros, o interessado deve adquirir a gola que está sendo comercializada a R$ 10,00. Já para a Ala das Pastoras, os vestidos são alugados e o valor é de R$ 20,00. A Superintendência de Cultura alerta que o número de fantasias é limitado, assim como das camisetas do Bloco Sandálias de Frei Maria que pode ser encontrada no mesmo local, a R$ 10,00.

O Bloco dos Marinheiros e a Ala das Pastoras são destaques na última noite da festa corumbaense. Integram o Carnaval Cultural e proporcionam uma viagem ao passado. O Bloco dos Marinheiros surgiu em Corumbá no primeiro quarto do século passado. A cidade era a única do Pantanal a possuir uma base naval, onde a predominância do contingente era de cariocas. Acostumados com a festa do Rio de Janeiro, os militares criaram em 1933, a Escola de Samba dos Marujos, onde a ala dos marinheiros era obrigatória.

Personagens essenciais dos antigos ranchos e cordões as Pastoras eram detentoras de segredos passados pelos mestres músicos ao longo dos desfiles. Em Corumbá, a ala é integrada por senhoras de todas as idades, usando belos vestidos inspirados em imagens fotográficas dos velhos carnavais, cantando antigas marchinhas. Em 2012 comemora seu oitavo ano de desfile pela avenida. Foi idealizada pela ex-presidente da Fundação, Heloisa Helena da Costa Urt, falecida em novembro de 2012 e que está sendo alvo de homenagens neste carnaval.