Ruiter decreta luto oficial de 3 dias pelo falecimento de Nelson Trad

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) decretou luto oficial de três dias em Corumbá pelo falecimento do ex-deputado federal Nelson Trad, ocorrido na madrugada desta quarta-feira (07) em Campo Grande. No decreto nº 998, de 08 de dezembro de 2011, o chefe do Executivo corumbaense ressaltou a importância da participação do ex-parlamentar na política e vida do povo de Mato Grosso do Sul como advogado, professor, deputado estadual e deputado federal.

Para o prefeito, o ex-deputado federal sempre defendeu seus pontos de vista com veemência, mas também com muita lealdade, mantendo o debate político em alto nível e no campo das ideias, tornando-se uma referência na política sul-mato-grossense. O decreto estabelece que, durante o período de luto oficial, as bandeiras nas repartições públicas municipais devem ficar a meio mastro. Em 2010, Trad recebeu o título de Cidadão Corumbaense pela Câmara de Vereadores, após uma solicitação de Ruiter naquele mesmo ano.  

Para o prefeito corumbaense, Nelson Trad foi um político que conseguiu, ao longo de uma extensa carreira, atrair admiração e respeito de pessoas de todos os partidos, correntes políticas e ideológicas, e que por isso, todas as personalidades políticas do Estado devem prestar suas últimas homenagens a ele e seu legado. "O deputado Nelson Trad foi um parceiro de Corumbá, sempre presente nas seguidas vezes que fomos a Brasília em busca de recursos para obras importantes em nossa cidade", disse Ruiter, que no início da tarde desta quinta-feira seguiu para Campo Grande para prestar solidariedade à família e participar do sepultamento no cemitério Parque das Primaveras.

Nelson Trad faleceu aos 81 anos, no hospital Proncor, vítima de problema no coração. Pantaneiro (nasceu em Aquidauana) foi deputado estadual por dois mandatos e federal por sete, tendo sido líder do PMDB, 2º Secretário da Câmara, membro da Comissão de Constituição e Justiça e do Conselho de Ética. Casado com Terezinha Mandetta Trad, pai de cinco filhos (Nelson Trad Filho, Fátima Trad, Marcos Trad, Fábio Trad e Maria Tereza Trad). Seus herdeiros na política são Nelson Trad Filho, prefeito de Campo Grande; Marcos Trad, deputado estadual, e Fábio Trad, deputado federal.