Ruiter assina ordem de serviço para melhorias no Porto Geral

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) participou na noite dessa segunda-feira (19) da solenidade de assinatura da ordem de serviço para o embutimento da fiação da rede de energia do Porto Geral. A obra começa a partir do próximo ano e será realizada por meio do programa Monumenta, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). O ato aconteceu durante a cerimônia de entrega da primeira etapa do projeto de revitalização da Estação Ferroviária de Campo Grande.

Acompanhado do deputado estadual Paulo Duarte (PT) e do secretário municipal de Finanças e Administração, Daniel Martins Costa, Ruiter assinou a autorização para início do serviço, que faz parte do projeto de revitalização do Casario do Porto. "Receberemos obras de revitalização do nosso patrimônio histórico. São investimentos importantíssimos que seguramente vão contribuir para nossa história e para cada que, cada vez mais, continuemos consolidando a identidade de Corumbá", observou o chefe do Executivo corumbaense, que aproveitou a oportunidade e conversou com o presidente nacional do Iphan, Luis Fernando de Almeida, sobre os pleitos de Corumbá.

Ainda durante a cerimônia desta segunda-feira, Ruiter acompanhou a inauguração da restauração da Estação Ferroviária de Campo Grande, que inclui a preparação do local para a instalação do Centro de Documentação e Referência da Estrada de Ferro Noroeste Brasil (EFNB)/RFFSA. Na primeira fase do projeto foram realizadas reformas no Armazém Cultural, além da construção da sala multiuso (novo anfiteatro). Na segunda etapa está prevista a implantação do projeto museográfico e, na terceira, a criação do Parque da Esplanada.

Além da assinatura da autorização da ordem de serviço, um ato de governo está previsto para ser realizado em janeiro em Corumbá, quando as obras devem ser iniciadas. As melhorias na fiação elétrica do Porto Geral fazem parte de um pacote de investimentos no valor de R$3,4 milhões por meio de iniciativa do senador Delcídio do Amaral (PT) e compreenderão em obras na região do Porto Geral, entre as Ladeiras Cunha e Cruz e José Bonifácio.