Professor por Excelência premia inovação de educadores da Reme

Professores da Rede Municipal de Ensino de Corumbá participaram na manhã desta quinta-feira (15) do Encontro Municipal de Educação como parte do encerramento das atividades de 2011. Durante o evento, foi realizada a apresentação e premiação dos participantes do 7º edição do Prêmio Professor por Excelência, iniciativa que visa valorizar projetos e iniciativas em prol da aprendizagem plena dos alunos da Reme. Antes de iniciar as premiações, houve uma palestra com o professor doutor José Pacheco, idealizador da Escola da Ponte de Portugal.

Ao todo, 46 professores se inscreveram no concurso. Participaram nove professores da educação infantil, 22 do ensino fundamental de 1ª à 5ª série, 11 do ensino fundamental de 6ª à 9ª série e quatro da Educação de Jovens e Adultos – EJA. Os projetos premiados serão apresentados seguindo a ordem: Educação Infantil; Ensino Fundamental I; Ensino Fundamental II; Educação de Jovens e Adultos (EJA). Cada categoria teve dois finalistas que explicaram seus trabalhos durante o evento desta quinta-feira. O primeiro lugar de cada categoria ganhou um notebook e a segunda colocação deu direito a uma câmera digital.

Em sua sétima edição, o prêmio busca valorizar e engrandecer o que está sendo feito em prol da educação de Corumbá. Essa é a opinião do secretário municipal de Educação, Hélio de Lima. "Estamos valorizando os professores que estão marcando pela diferença. É necessário o professor na sociedade moderna estar antenado com tudo o que está acontecendo. Ele precisa mudar a sua metodologia, sua prática dentro de sala de aula e atento às novas tecnologias", observou. Segundo ele, a partir do próximo ano os educadores da Reme terão mais um recurso pedagógico por meio de um projeto da secretaria municipal de Educação do Rio de Janeiro-RJ com conteúdos que poderão ser aplicados em aulas digitais pelo site www.educopedia.com.br.

Premiados

Na Educação Infantil, o primeiro lugar, com 28,7 pontos, foi Lene Cristina Salles da Cruz, que conduziu o projeto "Brincando na creche do meu filho", na escola municipal Fernando de Barros e Creche Maria Candelária Pereira Leite e Extensão. "É a segunda vez que participo desse prêmio e esse ano tive a sorte de ser contemplada. É claro que você não faz nada com o objetivo de apenas ter um ganho, mas sim como forma de enriquecimento pessoal, profissional e saber que está dando um retorno para a sociedade", disse Lene ao comentar sobre a importância do prêmio na valorização da classe dos professores.

Em segundo lugar, com 27,9 pontos, ficou a professora Vanessa Alvarenga Lima, com o projeto "Juntinhos" aplicado no Centro de Educação Infantil Estrelinha Verde. Para o Ensino Fundamental, na categoria de 1ª a 5ª série as duas primeiras colocações ficaram com professoras da Escola Municipal Rural Pólo Eutrópia Gomes Pedroso. Em primeiro, com 29,4 pontos, Regina Coelho Nogueira de Melo com o trabalho sobre "A televisão fonte de aprendizado e produção de textos", e em segundo com 29,3 pontos, Denise Divina Bueno com o projeto "Tem fada … Tem herói … Tem princesa e contadores de histórias".

Para o Ensino Fundamental, de 6ª a 9ª séries, o primeiro lugar ficou com Jorge Luiz Samaniego Sambrana, que aplicou o projeto "GEO AÇÃO – CIDADÃO" na escola Pedro Paulo de Medeiros. Na segunda colocação ficou Joaninha Luzia Arruda Vigabriel da Silva com
trabalho sobre "Minha identidade através do meu nome", na escola Dr.
Cássio Leite de Barros. Na Educação de Jovens e Adultos o primeiro lugar ficou com Rosana Alves Zozias de Santana, com 29 pontos e projeto sobre "Informar é prevenir: gera mudanças de atitudes e revisão de valores", na escola Barão do Rio Branco. Em segundo, Rosemary Alves Rodrigues de Oliveira, 25,5 que trabalhou "Profissões – Pensando nisso…a escolha!" com alunos da escola Fernando de Barros e Creche Maria Candelária Pereira Leite.