Prefeitura e Vale vão investir R$ 2 milhões em hospital e avenida

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) e o diretor do Departamento de Ferrosos Centro-Oeste da Vale, Alexandre Campanha, assinaram nesta terça-feira (20) convênios que vão aumentar a qualidade dos serviços de saúde da Santa Casa de Corumbá e para obras de urbanismo e sinalização da avenida Gaturama e BR-262. A mineradora vai repassar à administração municipal recursos da ordem de R$ 2 milhões para a aquisição de equipamentos e adequação da via.

A Santa Casa, que atende a população de Corumbá, Ladário e os bolivianos da fronteira, vai receber aporte de R$ 1.780.000,00. Os recursos serão usados para a compra de equipamentos como mesa cirúrgica, eletrocardiograma, desfibriladores, umidificadores de ar, aparelhos para exames variados e mobiliário hospitalar, dentre vários outros itens. O Centro de Tratamento Intensivo (CTI) e as Urgências de outros setores receberão R$ 1.031.000,00.

Já o Centro Cirúrgico e a Esterilização vão ser beneficiados com R$ 749 mil. O convênio tem o apoio da Prefeitura de Ladário. Outro convênio assinado ontem prevê o repasse de R$ 300 mil a serem destinados a obras de urbanismo e sinalização da Gaturama, principal acesso ao município. O objetivo é reordenar o fluxo de veículos que chegam e saem da cidade, além de aumentar a segurança no tráfego na área. As obras devem começar seis meses após a assinatura do convênio.

"São investimentos que vão melhorar, e muito, a qualidade de vida da população. Temos que reconhecer o que é feito em prol da nossa comunidade e agradecer aos parceiros, neste caso a Vale, por mais este importante momento para o povo corumbaense e ladarense", comentou o prefeito de Corumbá. Na solenidade, Ruiter fez um breve balanço dos 21 meses em que a Prefeitura assumiu a administração da maior unidade hospitalar da região pantaneira.

"O hospital estava em uma situação caótica, com uma posição financeira bastante complicada. Tanto que, até hoje, ainda não conseguimos saber a realidade financeira da Santa Casa porque a antiga administração não repassou vários balancetes e outros documentos. Assim continuamos sendo surpreendidos com pedidos de penhoras de antigos credores", explicou o chefe do Executivo corumbaense.

Sobre as obras de adequação e urbanismo da entrada da cidade, Ruiter afirmou que os investimentos da Vale vão atender um pleito antigo da população. "Depois da reforma, vamos entrar na cidade por dentro do portal, um dos cartões postais da região, e não mais por fora dele. E isso com toda segurança, inclusive para que chega ou sai de Ladário", completou.

Para o diretor de Ferrosos da Vale, os convênios refletem os grandes investimentos feitos pela mineradora em Corumbá. "Somente neste ano, aumentamos em 35% o número de empregos diretos gerados no município, ao passo que a produção do minério cresceu mais 40%. E pretendemos continuar crescendo em 2012", afirmou Alexandre Campanha.

Para ele, parcerias como esta ajudam no desenvolvimento dos municípios onde a Vale está inserida, além de reforçar a imagem da empresa na região. "São ações que beneficiam diretamente a população. É como diz o nosso slogan: Se é bom para o Mato Grosso do Sul, se é bom para Corumbá, é bom também para a Vale", concluiu.