Espetáculo Encantos trouxe beleza da dança e homenagem a Helô

Um espetáculo de beleza, graça e muita emoção. Assim foram as duas noites de apresentação do "Encantos", da Oficina de Dança do Pantanal. Tanto no sábado (10) quanto no domingo (11), o Auditório Salomão Baruki ficou completamente lotado. Pais, parentes e amigos das crianças estavam atentos a cada movimento, passo e jogo de luz que brilhava no palco. Entre uma apresentação e outra, muitos aplausos. Do outro lado, em cima do tablado, os pequenos deram um show de simpatia.

Todas muito bem trajadas, com fantasias especialmente preparadas para cada coreografia, mostravam tudo o que aprenderam ao longo do ano. O espetáculo marcou o encerramento do ano letivo para as turmas infantis (03 a 13 anos) do projeto sócio-cultural desenvolvido pela Prefeitura de Corumbá, através da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal. O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) a primeira-dama, Beatriz Cavassa de Oliveira, acompanharam a apresentação.

Logo no início do show, um dos momentos mais marcantes da noite. Uma homenagem a Heloísa Helena da Costa Urt, que fez parte da Fundação de Cultura e Turismo nos últimos 7 anos, falecida no dia 23 de novembro, emocionou todo o público. Professores e alunos da Oficina de Dança recordaram, através de uma coreografia elaborada e executada pelo gestor do projeto, Joilson Cruz, o Carnaval Cultural, o Banho de São João, o Cururu e o Siriri, algumas das bandeiras defendidas por Helô ao longo de sua vida.

Em seguida a apresentação do projeto "Como Nossos Filhos", formado pelas mães das crianças que dançam na Oficina, subiu ao palco. A coreografia Luzes do Oriente foi preparada pelo coreógrafo Kleber Costa. Em seguida se apresentaram as Pequenas Saltitantes, montado por Lucimeire Freitas. A terceira apresentação da noite foi Sorrir e Cantar, preparada pela coreógrafa Sandrielly Álvaro.

Borboletas, também de Sadrielly, foi quinto show do espetáculo Encantos. As duas próximas apresentações foram coreografadas por Kássia Costa: Lindas Meninas e Princesas Brilhantes. Na Selva, preparada por Lucimeire Freitas e Sandrielly Álvaro, precedeu Dance ou Morra, de Chico Neller. A coreografia fez parte do Corumbá em Dança, realizado durante a Semana Sabor e Arte, programada pela Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal.

As coreografias H-13 e Nós e Outros, ambas de Neller, e The Move, de Marcos Mattos, que também fizeram parte do festival, estiveram no "Encantos". Brincando com a Dança, Moranguinhos do Amor, ambas de Kássia Costa; Tango Plus, de José Gilberto Rozisca; Dançar?… Sempre!, de Lucimeire Freitas; e Ritmo Quente, de Kássia Costa, fecharam a espetáculo com chave de ouro.