Programa visa coletar óleo residual dos restaurantes de Corumbá

Todo o óleo utilizado por bares, restaurantes e barcos-hotel da cidade pode se tornar biocombustível. Iniciativa do Instituto SaBio, em parceria da Prefeitura de Corumbá, por meio da Fundação de Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário trabalha na coleta de óleo residual, usado no preparo de alimentos, para que possa ser transformado em fonte de energia limpa e renovável. O programa foi lançado na tarde desta segunda-feira (07) durante uma palestra que integra a programação do VI Festival Gastronômico – Sabores do Pantanal.

Após o lançamento, o programa agora busca estabelecimentos comerciais que queiram dar uma destinação correta para o óleo de cozinha. Podem aderir bares, restaurantes e barcos-hoteis. Para isso, basta procurar a Funterra na rua 13 de junho, nº 1457 (antiga escola Antônio Maria Coelho), entre as ruas 7 de setembro e Major Gama. O horário de atendimento ao público será das 7h30 às 13h30. Um recipiente adequado para o armazenamento do óleo residual será disponibilizado e o comerciante irá ganhar ainda sabão líquido e em barra. A coleta ocorrerá uma vez por semana ou de acordo com a demanda do estabelecimento.

A bióloga da Funterra, Fátima Seher, explica que a medida visa proteger o meio ambiente e o Pantanal. "São inúmeros os benefícios, pois um litro de óleo polui um milhão de litros de água. Além disso, se for descartado no solo, impede a absorção da água das chuvas, favorecendo a enchentes porque impermeabiliza o solo. Também não é aconselhado jogar na pia, pois entope o encanamento", explicou. O biocombustível pode ser usado em motores que utilizam o Diesel. 

Capacitação

Além da oficina sobre a importância da coleta de óleo residual dos restaurantes, os participantes do V Festival Gastronômico – Sabores do Pantanal passam por capacitações oferecidas pela Prefeitura de Corumbá em parceria com o Sebrae. Os cursos de atendimento ao cliente e gestão financeira buscam qualificar os profissionais do setor da alimentação fora do lar e melhorar a qualidade do serviço prestado nestes estabelecimentos. A entrega dos certificados será realizada durante a cerimônia de abertura do evento, que acontecerá no dia 10 na praça Generoso Ponce, a partir das 20 horas.

As capacitações de atendimento ao cliente e gestão financeira são ministradas pelo consultor da Abrasel (Associação de Bares e Restaurantes), Alberoni Leal. Segundo ele, serão 12 horas de treinamento onde serão tratados assuntos referentes ao fluxo de caixa, controle de estoque, preço de mercado entre outros aspectos. "Vamos focar nas questões que envolvem a sobrevivência de um estabelecimento comercial, que precisa ajustar os gastos e buscar sempre a margem de lucro", observou. Ao todo, 79 profissionais de bares e restaurantes da cidade foram convidados a participar dos cursos, que são gratuitos.

Segundo o assistente técnico do Sebrae, Wellington Castro, as capacitações atendem a uma necessidade do segmento. "Durante o ano, recebemos vários pedidos de bares e restaurantes para que os seus funcionários possam participar de cursos. Aproveitamos o momento do Festival Gastronômico para dar o suporte necessário para a realização destas capacitações", observou. As aulas são divididas em dois turnos. O curso de atendimento ao cliente começa às 8 horas e gestão financeira às 14h30. Ambos acontecem no Sebrae, localizado no bairro Universitário.

Em sua quinta edição, o Festival Gastronômico – Sabores do Pantanal de 2011 de Corumbá reserva novidades e receitas inéditas em lanchonetes, pizzarias, padarias e restaurantes. O evento será realizado entre os dias 10 e 16 de novembro. A atividade faz parte da Semana de Sabor e Arte, quando acontecerá também o II Corumbá em Dança e o XI Concerto de Santa Cecília e contará com extensa programação.