Marinha é parceira da Prefeitura em ações de combate à dengue

Quarenta militares do 6º Distrito Naval da Marinha do Brasil vão auxiliar a Prefeitura de Corumbá em ações de combate à dengue. A parceria faz parte de uma estratégia que vem sendo desenvolvida desde a primeira gestão do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) e tem sequência na próxima semana com serviços de eliminação dos focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença, em bairros com maior incidência de infestação predial.

Na tarde desta quarta-feira (30), os militares participaram de uma capacitação com uma equipe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Secretaria Municipal de Saúde, para realização dos trabalhos que acontecem nos dias 6 e 8 de dezembro. O treinamento foi ministrado pela supervisora chefe do CCZ, bióloga sanitarista Grace Bastos; pela coordenadora municipal de Controle de Vetores, bióloga Quelem Serra, e pelo biólogo Luiz Donizethe Minzão, e baseou-se sobre a biologia do mosquito e parte educativa com tipos de depósitos, bem como será executado o plano de ação.

A estratégia adotada pela Saúde é dividir o grupo em duas equipes, cada uma com 20 militares. No dia 6, uma equipe atuará na região do Centro 02 (entre as ruas Antonio Maria e Albuquerque) e Bairro Beira Rio. Dez agentes de endemias vão participar das ações. Já a segunda equipe, com oito agentes, dois supervisores e 20 militares, vão trabalhar o Generoso e Dom Bosco.

Para o dia 8, as ações vão estar concentradas nos bairros Aeroporto, Nossa Senhora de Fátima e Popular Nova, por uma equipe com 11 agentes de endemias e 20 militares, enquanto a segunda, com 20 militares, nove agentes e dois supervisores, vão estar no Guarani e Jardim dos Estados.