Diretora da Fundação de Cultura, Heloísa Urt falece aos 61 anos

Faleceu nesta quarta-feira (23), de causas naturais, a diretora-presidente da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, Heloísa Helena da Costa Urt, 61 anos. Helô, como era carinhosamente conhecida na região, estava internada no Centro de Terapia Intensiva (CTI) da Santa Casa de Corumbá. A Administração Municipal lamenta profundamente esta grande perda, não somente para o Executivo, como para todo o setor cultural sul-mato-grossense.

Ao longo de sua vida, Helô defendeu e lutou bravamente pelo reconhecimento e valorização das raízes da cultura pantaneira. "A Helô foi uma grande guerreira que sempre defendeu o fortalecimento da classe cultural corumbaense, sendo uma das grandes responsáveis pela referência que o município se tornou neste sentido. Além disso, foi uma militante política de intensa participação junto à sociedade", disse o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT).

"A perda desta guerreira, desta mulher pantaneira que sempre defendeu com garra, seriedade e compromisso sua cidade é recebida com grande pesar por todos que se importam com Corumbá", complementou o chefe do Executivo municipal. Heloísa Helena da Costa Urt nasceu em Ladário no dia 21 de maio de 1950, formou-se em Letras no antigo Centro Universitário de Corumbá (CEUC), hoje Campus do Pantanal da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e, desde 2005, fez parte da administração petista de Corumbá.

Ela deixa três filhos e um legado de devoção pela cultura local. O velório será realizado na casa de Cultura Luiz de Albuquerque (ILA), sede da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, e o sepultamento acontece na tarde desta quinta-feira (24), em horário ainda a ser definido pelos familiares, no cemitério de Ladário.