Corumbá em Dança será encerrado à noite com grande espetáculo

A Semana Sabor e Arte reserva para esta noite na estrutura montada na praça Generoso Ponce, a última apresentação do Corumbá em Dança que, desde sábado, está reunindo grupos e companhia de dança de Corumbá, Campo Grande, Dourados, Coxim e Ladário. O evento é uma realização da Prefeitura Municipal, por meio da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, e é organizado pela Oficina de Dança que, este ano, na sua segunda edição, está permitindo reunir mais de 150 artistas na cidade, lotando a Generoso Ponce.

Para esta noite, a expectativa é dos organizadores é enorme. Joilson Silva Cruz, diretor da Oficina de Dança, diz que o público terá mais uma oportunidade de presenciar um grande espetáculo. Serão mais 16 coreografias criteriosamente trabalhadas durante praticamente todo o segundo semestre, marcando com chave do ouro o encerramento do ano da instituição mantida pela Prefeitura.

A abertura da noite será com uma apresentação de alunos da Oficina que participam das aulas de sapateado, com a coreografia Lollipop, tendo como coreógrafa, Maria Mercedes Marinho. O segundo grupo a entrar no placo é o Ginga Cia de Dança, de Campo Grande, que comemora seus 25 anos com Silêncio, coreografado por Diógenes Antônio Silva. A Oficina retorna em seguida com Time and Time, coreografado por Vandoir Lopes. A quarta apresentação será da Ararazul Cia de Dança, de Campo Grande, com a apresentação Rabisco Latino, coreografada por Chico Neller.

Dance ou Morra será a quinta coreografia da noite, em mais uma apresentação da Oficina de Dança, coreografada por Chico Neller. E é o próprio Neller o coreógrafo da sexta apresentação, também da Oficina, Castelânea, que será seguida da UNO Grupo de Dança da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus Pantanal, com a coreografia Parte de Mim… (Trecho do Espetáculo "5º Ato: Intenções e Acasos"), coreografada pelo próprio Grupo.

Amores é a nona apresentação da última noite. O espetáculo está a cargo da Oficina de Dança, coreografado por Kleber Costa. Garra Cia de Dança – Ballet Sandramaria, de Coxim, apresenta Eu não sou um anjo, tendo como coreógrafo, Marcelo Mariano. O coreógrafo Chico Neller assina outro trabalho, Sistemas, com a Cia Dançar, de Campo Grande, enquanto Marcos Mattos é o coreógrafo da Oficina de Dança com Heart Beat.

Doma, com a Cia Blanche Torres, de Dourados, será outra apresentação da noite, coreografada por Blanche Torres. As quatro últimas apresentações serão da Oficina de Dança, com Em Construção, coreografia de Lucimeire Freitas; Solidão Anunciada, da Cia do Mato, de Campo Grande, coreografia de Chico Neller; The Move, da Oficina de Dança, coreografia de Marcos Mattos, e no encerramento, Underground, da Cia Dançurbana de Campo Grande, trabalhado coreografados por Ariane Nogueira, Rogger Castro, Thiago Mendes e Marcos Mattos.