Corumbá em Dança é atração na Generoso Ponce a partir de hoje

"Corumbá em Dança" é mais uma atração a partir deste sábado dentro da programação da Semana Sabor e Arte aberta quinta-feira na cidade. A partir das 19h30, na estrutura montada na praça Generoso Ponce, os alunos da Oficina e Dança do Pantanal abrem o espetáculo que, nos próximos três dias, contará com 48 coreografias, com participações de grupos convidados de Dourados, Coxim, Campo Grande, Ladário e também da Cidade Branca. Serão disponibilizados dois mil lugares nas arquibancadas e cadeiras para abrigar o público e a entrada é gratuita.

Somente neste sábado, o "Corumbá em Dança" apresenta 16 coreografias ao público que deve lotar a Generoso Ponce. A abertura será feita pelos dançarinos da Oficina de Dança, com a corfeografia Banho de São João – Siriri, a cargo do diretor da instituição mantida pela Prefeitura, Joilson Silva da Cruz. Em seguida, quem se apresenta é a Cia. Dançar, de Campo Grande, que trás de volta, o coreógrafo Chico Neller, com a coreografia Remember.

O terceiro espetáculo da noite será proporcionado pela UNO Grupo de Dança da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul / Campos Pantanal de Corumbá, com a coreografia Identidade… a soma de um dígito só (Trecho do Espetáculo "Verbo… palavras em movimento"), a cargo dos coreógrafos Jô Diuary e Reinária Rodrigues. Será seguido de uma nova apresentação da Oficina de Dança, com a coreografia Lollipop, coreografada por Maria Mercedes Marinho.

Quem sobe ao palco ainda é a Cia. Unika Dança da UFMS de Campo Grande, com a coreografia Dúvida, tendo como coreografada por Rosana Cintra e Robson Bento. Outra atração será a Zoe Cia. de Dança, de Campo Grande, com a coreografia Pas-de-deux de "Bodas de Aurora", coreografada por Marius Petipá, remontagem de André Souza e Sabrina Aguilella. Costelânea e Amores são duas outras coreografias a cargo da Oficina de Dança, a primeira coreografada por Chico Neller, e a segunda por Kleber Costa.

"Corumbá em Dança" abre espaço também para Ladário com o grupo do PETI – Comitiva Pantaneira, que apresentará a coreografia A Viagem Pantaneira, coreografada por Rivaldo Velasco Martins. A Cia. Juvenil Moinho Cultural Sul-Americano, é outra atração, apresentando Prólogo das Fadas – Ballet A Bela Adormecida, com Marius Petipá, e adaptação de Beatriz de Almeida. A Cia. do Mato, de Campo Grande, é a encarregada do espetáculo Dois em um Só, com Chico Neller.

Os cinco últimos atos da noite estarão a cargo da Oficina de Dança, com H-13, coreografado por Chico Neller; Cia. Blanche Torres, de Dourados, com Back to Black, coreografada por Blanche Torres; Ararazul Cia. de Dança de Campo Grande, com Amado Mio, coreografia de Chico Neller; Oficina de Dança com Nós e os outros, coreógrafo Chico Neller, e encerrando a primeira noite, o espetáculo The Move, a cargo da Oficina de Dança, com coreografia de Marcos Mattos.