Seinfra realiza trabalho de desobstrução da drenagem do viaduto

A Secretaria Municipal de Infraestrtura, Habitação e Serviços Urbanos (Seinfra) realiza nesta segunda-feira (03) o trabalho de desobstrução da drenagem do viaduto da rua Treze de Junho. Com o reparo, água que ficou acumulada durante a tempestade que atingiu a cidade na noite de sábado será totalmente escoada. "O que ocorreu foi uma falha no sistema de drenagem, que será corrigida até o final desta segunda-feira. É importante esclarecer a população que o fato não oferece nenhum risco à estrutura do viaduto e nem aos seus usuários", explicou Ricardo Campos Ametlla, responsável pela pasta.

Durante o processo de pavimentação, os quatro drenos localizados no vão central do viaduto acabaram sendo obstruídos pela massa asfáltica. A empresa responsável pela construção da ponte acompanha as equipes da Seinfra nos trabalhos de limpeza e abertura dos drenos. "Com o sistema de drenagem restabelecido, ele será capaz de dar vazão a qualquer volume de água que venha a receber", o secretário de Infraestrutura, Habitação e Serviços Urbanos.

Durante todo o final de semana, o volume pluviométrico registrado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) foi de 45,8 milímetros cúbicos. Segundo o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) da Força Aérea Brasileira (FAB), os ventos que atingiram a cidade no sábado chegaram aos 95 quilômetros por hora, provocando estragos em vários pontos do município.

"Logo após a ventania, a Defesa Civil e a Agência de Trânsito (Agetrat) foram acionados para avaliar os danos e controlar o fluxo de automóveis nas ruas interditadas por galhos de árvores. Também demos suporte à Enersul nos bairros onde houve queda de energia", continuou Ricardo Ametlla. As equipes ficaram na rua até as 23 horas e retornaram às atividades no domingo. A Defesa Civil ainda realiza o trabalho de atendimento às famílias mais atingidas pelo temporal.