Daniel destaca melhorias no hospital, mas que ainda há desafios

"O hospital mudou para melhor. Avançamos, mas ainda há muito por fazer". Foi dessa forma, taxativo, que o presidente da Junta Administrativa da Santa Casa de Corumbá, Daniel Martins Costa, definiu o atual momento da instituição de saúde, durante a segunda audiência pública para prestação de contas, em cumprimento ao Termo de Acordo Judicial (TAJ) firmado pelas Prefeituras de Corumbá e de Ladário e a Secretaria de Saúde do Estado, com o Ministério Público Estadual. Na opinião dele, uma das principais conquistas foi o credenciamento do Centro de Oncologia Dr. Hugo Costa junto ao Sistema Único de Saúde (SUS), pelo Ministério da Saúde.

A audiência foi realizada na noite desta quarta-feira (26) no Centro de Convenções do Pantanal de Corumbá Miguel Gómez, e reuniu representantes da classe médica, usuários dos serviços de saúde, membros do Conselho Municipal de Saúde, além de autoridades dos poderes executivo e legislativo de Corumbá e Ladário. Daniel abriu os trabalhos fazendo um relato da atual situação e das metas estabelecidas pela direção. "Avançamos em vários aspectos principalmente no que se refere a humanização do atendimento, bem como propiciar melhores condições de trabalho à equipe médica, com novos equipamentos, inclusive", observou.

O presidente lembrou as dificuldades, que são "imensas e os problemas acontecem diariamente, mas dentro do esperado". Deixou bem claro que o compromisso firmado quando da intervenção, foi justamente "com o futuro do nosso hospital". Conclamou participação de toda a sociedade para tornar a Santa Casa, "um orgulho do povo pantaneiro", e que os novos desafios precisam ser vencidos.

Avanço

Além do credenciamento do Centro de Oncologia junto ao SUS, Daniel destacou como avanço neste período, a implantação da Central de Diagnóstico por Imagem, setor com modernos aparelhos de informática, que permitem exames de Raio X digital , entre outros. "Hoje não temos mais a tão assombrosa câmara escura, tampouco, nossos funcionários são expostos aos contatos com produtos químicos. Dessa forma estamos preservando a saúde do trabalhador e contribuindo para evitar depredação do meio ambiente", acentuou, para lembrar outra conquista relacionada a exame de eletrocardiograma, com a contratação deste serviço por meio de tele medicina.

Falou também da aquisição de uniformes para funcionários dos setores de higienização, lavanderia, nutrição, manutenção e recepção; da balança digital na pediatria; cabos originais dos monitores do Centro de Tratamento Intensivo, que permitem confiabilidade; implantação de um quarto modelo do SUS com três leitos, "uma orientação do prefeito Ruiter (Cunha de Oliveira), para garantir tratamento mais humanizado aos pacientes do Sistema Único de Saúde". O local foi reformado, mobiliado e é dotado de ar condicionado, televisor, camas novas e banheiro com adaptação. "A nossa expectativa é sensibilizar a sociedade para estendermos esta benfeitoria a todos os demais setores da Santa Casa", reforçou.

Além disso, Daniel Martins Costa anunciou a compra de 10 novas camas que vão permitir realização de reformas e manutenção dos leitos mais antigos, "sem prejuízos aos pacientes", bem como a reforma da recepção central, para propiciar atendimento humanizado. O local, inclusive, conta como novo mobiliário. Outro avanço destacado foi a aquisição de um Desfibrilador Externo Automática (DEA), de grande importância para atendimento nas enfermarias, por exemplo. Para manusear o aparelho, foi realizada capacitação do corpo de enfermagem.

Em atendimento ao setor de Vigilância Sanitária, a direção do hospital implantou exaustor, o que traz maior conforto e segurança aos usuários; adquiriu um Oxicapinógrafo, aparelho fundamental no Centro Cirúrgico, uma antiga reivindicação dos anestesistas e dos demais profissionais; disponibilizou um Oximetro de Pulso, fundamental para monitoramento de pacientes. "É importante observar que todas estas conquistamos estão sendo possíveis com apoio de segmentos da sociedade, bem como da Prefeitura, que tem nos disponibilizado uma série de melhorias, para bem atender a população pantaneira", destacou.

Auto Clave

Daniel lembrou que foi justamente a Prefeitura que, no dia 19 de outubro, comprou um novo Auto Clave, aparelho de esterilização que deverá estar instalado agora em novembro, evitando suspensão de cirurgias eletivas devido a problemas de infecções hospitalares. "Além disso, contratamos serviços especializados para manutenção preventiva e corretiva dos equipamentos existentes, de modo que, dificilmente teremos paralisação das cirurgias por este motivo. Além disso, estamos realizando teste biológico regulares para comprovação da qualidade da esterilização, que não eram realizados na Santa Casa".

O credenciamento do Centro de Oncologia, segundo Daniel, já é uma realidade. O presidente observou que, em encontro do prefeito Ruiter Cunha, acompanhado do secretário Lauther Serra, com o ministro da Saúde Alexandre Padilha, foi tratada da viabilização dos setores de Ressonância Magnética e Tomografia no hospital. "Já estamos nos adiantando e iniciamos as obras, viabilizando a instalação de mais estes dois serviços", enfatizou.

Para o presidente, "são conquistas importantes, como estão sendo importantes também o apoio de nossos parceiros". Lembrou as doações recentes, como da Cassems (R$ 50.000,00) e do Centro Especializado em Oncologia (R$ 10.000,00); como também a decisão da Prefeitura Municipal que, por meio do decreto nº 967, assinado pelo prefeito Ruiter Cunha, criou o Cadastro de Voluntários da Santa Casa de Corumbá, serviço coordenado pela secretaria Especial de Integração das Políticas Sociais. É destinado às pessoas interessadas em prestar serviço voluntário no hospital, mediante cadastro na Junta Administrativa da Associação Beneficente Corumbaense.