Patrulha mecanizada qualifica produção agrícola em assentamentos

Durante a solenidade de inauguração da reforma da Escola Rural Pólo Paiolzinho e da quadra poliesportiva da unidade, realizada nesta sexta-feira (30), o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) aproveitou a oportunidade para entregar patrulha mecanizada para melhor atender os produtores rurais de assentamentos da região do Paiolzinho, localizado há 25 quilômetros da região urbana de Corumbá. O equipamento vai possibilitar mais agilidade nas atividades de agricultura e agropecuária de Corumbá e foi viabilizado pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Fundação do Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário, com recursos federais.

Ruiter entregou para os representantes das associações de produtores dos assentamentos Paiolzinho, Tamarineiro I e II a chave simbólica de um trator 4×4 de 106 cavalos. A Prefeitura adquiriu também uma plantadeira com adubador e uma grade de arrasto. Além disso, um caminhão pipa deveria ter sido entregue, porém por um problema no prazo da concessionária, o equipamento deve chegar na próxima semana. "A patrulha mecanizada vai melhorar ainda mais a produção agrária dos assentamentos de Corumbá", disse o chefe do executivo corumbaense. Na região, a produção é basicamente formada por hortaliças, verduras e legumes. Com a patrulha mecanizada, os assentados agora poderão plantar também milho e feijão.

Para os moradores da região, os equipamentos serão de grande ajuda. "Essa é a chave do nosso trabalho. Sem o trator, adubadeira e a grade, não poderíamos plantar nem colher nossa produção", observou o presidente da associação dos agricultores do assentamento Tamarineiro II. A opinião é compartilhada com o presidente da associação dos produtores rurais do assentamento Paiolzinho. "Foi uma reivindicação nossa atendida pela Prefeitura de Corumbá. Ainda falta muita coisa, mas com o tempo vamos conquistando", disse Eduel Antonio Estigarrilha. De acordo com a diretora presidente da Fundação do Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário, Luciene Deová, na próxima semana será definida de qual forma o equipamento vai ser disponibilizado para cada assentamento. "Vamos no reunir para saber como será o cronograma de uso da patrulha, para que cada produtor possa ser atendido da melhor maneira possível", observou.