Nova escola homenageia um dos maiores educadores de Corumbá

Djalma de Sampaio Brasil atuou como professor de inglês, espanhol e francês em Corumbá por mais de 50 anos. Autodidata, o educador se transformou em uma referência na arte de ensinar seus alunos os meandros da gramática estrangeira e foi incentivandor para que eles perseguissem seus objetivos. "Ele sempre dizia: estudem porque hoje é dúvida, amanhã será divida", recordou a filha de Djalma, Teresa Cristina Brasil de Almeida, também professora, ao lado das duas irmãs, Jacqueline Varela Brasil Ramos e Ângela Varela Brasil, além da viúva do homenageado, Irna Varela Brasil. Bastante emocionada, ela falou em nome dos familiares durante a inauguração da escola batizada em homenagem a seu pai.

"Queremos agradecer ao prefeito Ruiter (Cunha de Oliveira – PT) e a Câmara de Vereadores por esta justa homenagem ao nosso pai. É um gesto de afeto, gratidão e reconhecimento ao trabalho despendido por ele ao longo de 50 anos", continuou a docente do Campus do Pantanal (CPAN), unidade da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) em Corumbá. O advogado corumbaense Celso Fernando de Barros, que por mais de 40 anos atua no Ministério Público do Rio de Janeiro, também homenageou o amigo.

"Todos o aplaudiam por ser um homem simples, comum e extremamente dedicado a sua profissão", recordou. Associando a carreira de Djalma com as novas e modernas instalações da unidade escolar, Celso de Barros também agradeceu a Ruiter pela lembrança do amigo. "Quem hoje posa como promotor de justiça é o prefeito de Corumbá, por esta justa homenagem ao professor Djalma". O vereador Carlos Alberto Machado (PT), que representou a Câmara de Vereadores na inauguração, também guarda boas recordações do homenageado.

"Sempre estudei em escola pública e me lembro bem da perseverança do professor Djalma. Foi um homem paciente e que, mesmo fora da sala de aula, muitas vezes em sua própria casa, sempre recebeu seus alunos com toda calma e vontade de ensinar". Além de Machado, o vereador João Bosco da Silva e Souza (PT), os secretários Cássio Augusto da Costa Marques (Gestão Governamental), Lamartine de Figueiredo Costa (Relações Institucionais), Beatriz Cavassa de Oliveira (Integração das Políticas Sociais) e o prefeito Ruiter tiveram aulas com Djalma de Sampaio Brasil.

"Além de inaugurar esta escola, outro motivo muito especial também é poder batizala com o nome do professor Djalma de Sampaio Brasil. Um mestre da educação, muito valoroso. Uma pessoa dedicada, comprometida com a educação e que mostrou isso durante todo seu tempo de vida. Foram 50 anos em prol da educação em nossa querida cidade. É, sem dúvida, uma pessoa que merece ser homenageada. Dentro de sua simplicidade, sempre buscou resgatar, defendeu e levantou a bandeira do ensino", destacou o chefe do Executivo Corumbaense.

A Escola Municipal fica no bairro Aeroporto e tem capacidade para receber 1200 alunos. Faz parte do Projeto de Saneamento Integrado do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) 1, que além da Escola e do Centro de Educação Infantil, estão levando mais de 1,5 quilômetro de galerias e asfalto para os moradores da região. Só na instituição de ensino foram investimentos mais de R$ 1,3 milhão, dos quais R$ 625 mil são recursos próprios do Município.