Integrantes do programa “Se Essa Rua” são imunizados contra gripe

Todos os integrantes da oitava edição do programa Se Essa Rua Fosse Minha foram imunizados nesta sexta-feira (23) contra o vírus da gripe. A iniciativa é uma parceria da Secretaria Especial de Integração das Políticas Sociais, coordenadora do programa, e da Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica e da Atenção Básica em Saúde, com apoio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). A ação foi realizada nos bairros Cristo Redentor e Guatós.

"Além da gripe, também foi distribuída vacina contra a hepatite, febre amarela e dupla adulto (tétano)", explicou a enfermeira Marjorie Gonçalves Marques. Além de calcar as ruas onde moram, os beneficiários do Se Essa Rua Fosse Minha realizam diversas outras atividades focadas na saúde, bem estar, geração de renda e qualificação profissional. O objetivo é promover uma mudança não somente no aspecto físico, estrutural, mas também na qualidade de vida da comunidade.

As capacitações e orientações fazem parte de um amplo cronograma estabelecido pela Prefeitura que, além de proporcionar a urbanização das ruas e alamedas da cidade, está também permitindo o resgate da autoestima das comunidades atendidas. As ações contam com apoio de um grande número de parceiros como a Defensoria Pública, Universidade Federal (cursos de Pedagogia, Ciências Biológicas, Educação Física e Psicologia); INSS; Faculdade Salesiana de Santa Teresa; artesãos corumbaenses; Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), além de outras pastas da própria administração municipal.

Esta é a oitava edição do Se Essa Rua Fosse Minha, implementado pelo prefeito Ruiter Cuinha de Oliveira (PT) em 2007. Nesta etapa serão pavimentadas com lajotas sextavadas as alamedas Simão Bolívar, no Bairro Cristo Redentor, e Aguapé e Vitória Régia, no Guató. O programa que capacitou 371 trabalhadores já atendeu comunidades do Universitário, Guarani, Guanabara, Camalote, Centro América, Popular Velha, Aeroporto, Jardinzinho, Piúva, Generoso, Cristo Redentor, Cherogami, Primavera, além do Distrito de Albuquerque e do 17º Batalhão de Fronteira.

Realizado com recursos do Fundo Municipal de Investimento Social (FMIS), a iniciativa da Prefeitura já viabilizou o calçamento de uma área de 42.878,89 metros quadrados de ruas e alamedas; implantou 12.719,18 metros de meio fio, além de 12.365,88 metros quadrados de calçadas. Um total de 513.268 lajotas já foram implantadas nestas localidades.