Desfile e show do Calypso levam mais de 45 mil para avenida

Mais de 45 mil pessoas acompanharam o show da banda Calypso na noite desta quarta-feira (21) em Corumbá. O público lotou a praça Generoso Ponce e a avenida General Rondon para acompanhar de perto os sucessos da banda paraense, comandada pelo casal Joelma e Chimbinha, e cantar parabéns pelos 233 anos da Cidade Branca. Antes do espetáculo, 5 mil pessoas participaram do desfile cívico-militar, que teve duração de 4 horas. Sessenta e quatro instituições desfilaram pelas ruas Frei Mariano e avenida General Rondon.

A solenidade foi aberta pelos militares do 6º Distrito Naval. Os homens do Exército vieram em seguida, exibindo parte da frota utilizada em serviço e do arsenal existente na 17° Batalhão de Fronteira e na 18ª Brigada de Infantaria Fronteira. Os boinas azuis, formado por militares que integraram as Forças de Paz da Onu no Haiti, encerram a apresentação das Forças Armadas. Homens da Polícia Militar, Polícia Militar Ambiental e do Corpo de Bombeiros desceram em seguida.

O Samu desfilou pela primeira vez em Corumbá e presenteou a primeira-dama e secretária especial de Integração das Polícias Sociais, Beatriz Cavassa de Oliveira, com um buquê de flores. A parte cívica do desfile começou com a apresentação da Banda de Música Manoel Florêncio. As entidades que representam os idosos passaram em seguida, bastante aplaudidas pelo público. Várias outras instituições sociais e de classes também passaram pela avenida.

Os bolivianos residentes na fronteira também homenagearam a Capital do Pantanal, através da Associação 2 De Maio (Feira Livre), Centro Boliviano Brasileiro 30 Março e dos comerciantes da Brasbol. A fanfarra da Escola Estadual Coronel José Alves Ribeiro, de Aquidauana, desfilou pela quarta vez no aniversário da cidade. A animação e as coreografias dos 44 componentes levantaram o público. Outra convidada especial foi a fanfarra Domingos Romero Neto, da cidade de Guia Lopes da Laguna.

A escola municipal rural Luiz de Albuquerque abriu as apresentações das unidades educacionais da Rede Municipal de Ensino (Reme). Em seguida, desfilam E.M. Rural Carlos Cárcano, E.M. Rural Paiolzinho, E.M. Rural Monte Azul, E.M. Rural Eutrópia Gomes, E.M. Rural Porto Esperança, E.M. Cássio Leite de Barros, E.M. Barão do Rio Branco, E.E. Júlia Gonçalves Passarinho, E.M. Izabel Corrêa de Oliveira, Cenic, Escola Macena de Brito, Sesi, E.M. Tilma Fernandes Veiga, E.M. Rachid Bardauil, E.E. João Leite de Barros, E.E. Castro Brasil, E.E.

Também se apresentaram as escolas Nathercia Pompeu dos Santos, E.M. Ângela Maria Perez, E.M. Clio Proença, E.E. Gabriel Vandoni de Barros, E.M. Fernando de Barros, E.M. Luiz Feitosa Rodrigues, Escola Assembléia de Deus, E.M. Delcídio do Amaral, E.M. Almirante Tamandaré, E.M. José de Souza Damy, Cejar Aquidauana, E.M. Cyrico Felix de Toledo, Colégio Salesiano de Santa Teresa, E.M. Pedro Paulo de Medeiros, E.M. Caic, E.E. Maria Helena Albaneze, E.E. Alziro Lopes (Guia Lopes da Laguna), E.E. Octacílio Faustino da Silva e E.E. 2 de Setembro.

A Escola Estadual Dom Bosco e os projetos sociais fundados pelo padre Ernesto Sassida encerraram o desfile cívico. O padre, mesmo aos 92 anos, participou da festa, desfilando em carro aberto. O prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha de Oliveira (PT), de Ladário, José Antônio Assad e Faria (PT), o senador Delcidio do Amaral (PT), os deputados estaduais Paulo Duarte (PT) e Alcides Bernal (PP), secretários municipais e vereadores participaram da solenidade.

Calypso

O show da banda Calypso começou às 22 horas, logo após a queima de fogos que durou cerca de cinco minutos. Joelma e Chimbinha levantaram as mais de 45 mil pessoas com sucessos recentes e antigos. Mais de 200 homens garantiram a segurança do evento. Nenhum incidente grave foi registrado durante a noite. O trabalho dos agentes da Guarda Municipal, do Pelotão de Trânsito, da Policia Militar e de uma empresa privada de segurança, foi reforçado pelo sistema vídeo monitoramento do Município. O show foi promovido pela Prefeitura de Corumbá.