Corumbá recebe Comitê de Integração Fronteiriça nesta quarta

Coordenada pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil, Corumbá recebe nesta quarta-feira (28) a primeira reunião do Comitê de Integração Fronteiriça. O encontro vai reunir autoridades brasileiras, bolivianas e dos municípios localizados na faixa de fronteira dos dois países. As atividades começam às 08h30 no Centro de Convenções do Pantanal Miguel Gómez, quando será discutida a seguinte pauta: segurança pública; integração econômica; e temas sociais (saúde, educação, cultura e desporto).

Por conta do evento, a programação do aniversário dos 233 anos de Corumbá sofreu algumas modificações. A entrega da reforma do Centro de Convivência dos Idosos "Dona Benedita Ribeiro Leite de Barros – Dona Nega", que aconteceria amanhã, será realizada no dia 05 de outubro, às 10 horas. A inauguração da Casa de Passagem José Lins – Albergue da Fraternidade, também marcada para esta quarta-feira, foi remanejada para o dia 06 do próximo mês, às 17 horas.

No dia 29 de setembro, quinta-feira, o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) e o secretário de Saúde, Lauther da Silva Serra, entregam a reforma e ampliação do Pronto Socorro Municipal. O ato começa às 10 horas. No dia seguinte, às 9 horas, ocorre a entrega da reforma da Escola Municipal Rural Paiolzinho e a inauguração da quadra poliesportiva da instituição de ensino. No dia 03 de outubro, o prefeito de Corumbá apresenta a casa modelo do conjunto habitacional Corumbella II, às 10 horas.

As celebrações pelos 233 anos da Cidade Branca continuam no dia 04, com a inauguração da praça da rua Antônio João, às 17h, e a inauguração da Alamenda Vulcano, às 18 horas. A entrega dos equipamentos públicos começou no dia 16 de setembro, no bairro Guató. Ainda durante as comemorações pelo aniversário da cidade, Ruiter anunciou um pacote de obras no valor de R$ 102,9 milhões.

Comitê

A região fronteiriça boliviana já foi alvo de vários protestos e é considerada uma área delicada por causa de disputas territoriais, confrontos entre suspeitos de tráfico de drogas e forças policiais. O objetivo do Comitê de Integração Fronteiriça é definir medidas de estímulo ao turismo e multiculturalismo em ambos os países. A ideia é fortalecer o intercâmbio cultural para evitar o agravamento da violência na região.

Nas reuniões, em Corumbá, as autoridades e os especialistas querem ainda definir medidas que visam à proteção e aos cuidados com o turismo. Também serão analisados os aspectos de combate ao tráfico de drogas e de pessoas, além dos temas de imigração ilegal e defesa civil. Serão observados ainda os setores de saúde e educação. As discussões envolvem representantes dos ministérios das Relações Exteriores, da Saúde e dos Esportes, da Defesa, de Energia, além da Autoridade de Transportes e Telecomunicações e da Agência de Desenvolvimento de Fronteiras da Bolívia.

O Ministério da Cultura da Bolívia informou que haverá programas de cooperação mútua, livre circulação e preservação do patrimônio cultural. Para estimular a participação da sociedade, serão promovidos projetos de difusão da dança, das artes e do teatro. Com informações da agência pública de notícias da Bolívia, a ABI.