Corumbá disputa Brasileiro de Clubes sub-17 de futsal em 2012

Formada por atletas do Projeto Geração Olímpica, a Liga de Corumbá de Futsal disputa em janeiro de 2012, o Campeonato Brasileiro de Clubes, categoria sub-17. A participação foi garantida após o título do Campeonato Estadual Infanto Juvenil, disputado em Campo Grande, no mês de agosto. No final da tarde de segunda-feira (05), nove dos 15 integrantes da seleção, foram recebidos pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) que exaltou a conquista, classificando o grupo, formado por jogadores de 14 a 16 anos, como vitoriosos e um exemplo para a juventude corumbaense.

Os jogadores estavam acompanhados do treinador João Roberto Freitas, e do auxiliar Mauri Silveira, professores da Rede Municipal de Ensino (Reme) e integrantes do Projeto Geração Olímpica, desenvolvido pela Prefeitura Municipal, por meio da Fundação de Esportes de Corumbá (Funec), desde a primeira gestão de Ruiter. O encontro foi viabilizado pelo diretor-presidente da Fundação, professor Heliney de Miranda Junior.

Para o prefeito, a conquista do título e da vaga para representar Mato Grosso do Sul no Brasileiro de Clubes, refletem a importância do programa desenvolvido em Corumbá que começa render bons resultados. Elogiou o grupo, técnicos e jogadores, pela conquista, observando que a Prefeitura continuará dando apoio ao projeto, principalmente pelo fato do "esporte ser fator de inclusão social, agregador e responsável por uma sociedade melhor". Ruiter se mostrou preocupado também com os estudos. Quis saber detalhes do histórico curricular dos atletas, quando foi informado que seis integrantes do grupo, só não estavam presentes, devido às aulas. "Todos estudam e acompanhamos de perto", afirmou Miranda.

Presente ao encontro com o prefeito, o goleiro da seleção corumbaense, Diego Rodrigues, considerado o melhor do estadual, mereceu uma atenção especial. A decisão do titulo em Campo Grande contra o CSM Jardim, foi nas cobranças de penalidades (empate em 1 X 1 no tempo normal e 1 X 1 na prorrogação). Diego foi o último a cobrar por Corumbá. O goleiro adversário defendeu parcialmente, começou a vibrar e a bola acabou entrando. "É preciso ter sorte", disse, exibindo o troféu de melhor goleiro da competição, provocando risos entre os presentes.

Projeto elogiado

João Roberto Freitas e Mauri Silveira elogiaram o grupo e o Projeto Geração Olímpica. O treinador, por exemplo, disse que, devido ao trabalho que está sendo realizado, Corumbá voltou ser respeitado em competições estaduais. "A gente estava ‘batendo na trave'. Sempre chegando às finais ou mesmo às semi-finais. Agora, conquistamos o título. Isto é resultado do trabalho que está sendo realizado. Só temos que agradecer o apoio que estamos recebendo do prefeito e do presidente da Funec", disse Freitas. "O título é resultado de um trabalho de cinco anos e os resultados estão aparecendo. Estamos chegando sempre", complementou Mauri.

A Liga de Corumbá é formada por jovens nascidos em 1995 e 1996. "Fizemos uma seleção", diz o técnico que, em julho, participou de uma capacitação sobre futsal no Santos Futebol Clube, apoiado pela Funec. "Foram nove dias de estágio, onde tivemos seis palestrantes. Entre eles o Fernando Ferretti, ex-técnico da Seleção Brasileira e atualmente no Santos, e Marcos Sorato, atual treinador do Brasil. Hoje, estamos à disposição para repassar o que aprendemos lá", disse.