Quadra representa inclusão dos alunos do Paiolzinho ao esporte

Alunos praticando atividades esportivas em espaço inadequado, preparando-se para disputa de competições como os XXIII Jogos Escolares da Rede Municipal de Ensino. Isto está com os dias contados na Escola Municipal Pólo Paiolzinho, no assentamento Paiolzinho. No local, a Prefeitura de Corumbá investe R$ 317.297,37 na construção de uma quadra poliesportiva coberta e iluminada, empreendimento que já é comemorado não só pelos estudantes, mas por toda a direção da instituição de ensino, especialmente pelo responsável pelas aulas de educação física, que já visualiza a prática de outras atividades esportivas e uma participação maior em competições dentro e fora do Município.

"Vamos ampliar o leque de atuação nas disputas estudantis. Hoje, temos equipes apenas no atletismo, futsal e futebol de campo. Com a quadra, a escola passará ser representada também pelo basquete, vôlei, handebol, esportes que eles (alunos) querem praticar, mas ficam impossibilitados devido a falta de um espaço adequado. A quadra, sem dúvida, vai ampliar o leque de atuação de nossos alunos", comemorou o professor de educação física, Odenir Carrapateira, enquanto preparava mais uma etapa de treinamentos com vista aos Jogos da Reme.

A quadra está em fase de acabamento. Sua construção é fruto da ação Prefeito Presente, realizada na própria escola, e que atendeu comunidades vizinhas. Está sendo implantada por meio de uma parceria com o Governo Federal, por meio do Programa Segundo Tempo, que disponibilizou a importância de R$ 200 mil. O restante é contrapartida da Prefeitura. "Esta quadra vai ampliar o nosso leque e a escola terá equipes disputando outras modalidades esportivas em jogos envolvendo estudantes", disse.

Segundo ele, a vontade dos alunos em praticar esporte é grande. Os treinamentos na modalidade do atletismo acontece em espaços dentro e fora da unidade de ensino. Futebol (feminino e masculino), é praticado em um campo improvisado, entre o prédio da escola e a nova quadra. O futsal na quadra da comunidade. "A partir da inauguração, teremos o nosso próprio espaço e vamos poder montar times de basquete, de vôlei e handebol, além de melhor estrutura para prática do futsal. Com a quadra, vamos ampliar o nosso leque", reforça.

A coordenadora pedagógica Aurélia Candia dos Santos também aguarda com ansiedade a conclusão da obra. "Antes, os alunos praticavam esportes no campo ou na quadra da comunidade, fora da escola. Agora não, teremos o nosso próprio espaço. Será muito bom para todos", observa, enquanto alunos e alunas se misturavam em uma partida de futebol, encerrada pelo professor de educação física para início dos treinamentos de salto em altura.

Os alunos também se sentem mais motivados. Jéssica Moreno Soares, 12 anos, estudante da 6ª série, observava um grupo jogando uma partida de futebol, enquanto aguardava o início do treino da sua modalidade esportiva, salto em altura. Ela será uma das representantes da escola nos Jogos da Reme. "A quadra será muito importante para todos nós. Hoje, só temos este espaço para atividades esportivas", disse apontado para a área descoberta onde os alunos jogavam bola. "Com a quadra, vamos ter um local apropriado para praticar esporte", comentou.

A quadra

Coberta, iluminada e com arquibancada, a quadra da Escola Rural Pólo Paiolzinho segue os padrões das demais implantadas na área urbana da cidade, como também na zona rural. Este é o nono empreendimento que o prefeito Ruiter Cunha está possibilitando à classe estudantil, como também à própria comunidade. Esta sendo erguida paralelamente a uma outra, na área urbana, na Escola Municipal Barão do Rio Branco.

Em seis anos e oito meses de administração, o chefe do executivo corumbaense já atendeu as escolas Tilma Fernandes, Izabel Correia, Ângela Maria Perez, Almirante Tamandaré e Cássio Leite de Barros, todas na área urbana; além das escolas Luiz Albuquerque de Melo Pereira e Cáceres, no Distrito de Albuquerque; Monte Azul, no Assentamento Taquaral, e Carlos Cárcano, no Assentamento Urucum. E estrutura no Paiolzinho integra um projeto idealizado por Ruiter de dotar todas as unidades de ensino com um espaço adequado para aulas de educação física, além de outras atividades esportivas e de lazer, beneficiando também a comunidade de entorno.

Os investimentos neste setor não param. Dias atrás, em Brasília, Ruiter assegurou mais duas quadras que serão construídas na Escola José de Souza Damy, no bairro Cristo Redentor, e uma outra na região do Conjunto Camalote/Vitória Régia, próximo ao Centro de Educação Infantil que a Prefeitura implantará na localidade, tudo fruto de uma parceria com o Governo Federal, por meio do Ministério da Educação, via Programa de Aceleração do Crescimento.