Em Corumbá, Rede Amamenta Brasil possibilita ações educativas

Primeira cidade do Brasil a ser credenciada na Rede Amamenta, programa do Ministério da Saúde voltado à promoção, proteção e apoio à prática do aleitamento materno, Corumbá, por meio da Prefeitura Municipal e Gerência de Atenção Básica da Rede Amamenta Brasil, está trabalhando a Semana Mundial da Amamentação (SMAN) com maior conhecimento do assunto. As unidades de saúde estão desenvolvendo até a próxima sexta-feira (05) diversas atividades com grávidas e lactantes para mostrar a importância da amamentação exclusiva nos primeiros seis meses de vida.

Para o cirurgião dentista Marcelo Regenold de Freitas, coordenador de Aleitamento Materno de Corumbá, a Semana Mundial serve de alerta às mães e país. "Além de garantir um desenvolvimento sadio para a criança, este ato aumenta o afeto entre mãe e bebê, fortalecendo os vínculos familiares", destacou. Sugerido pela WABA (Aliança Mundial para ação em Aleitamento Materno), o tema da campanha deste ano é "Comunique-se! Amamentação: uma experiência em 3D". A ideia é levar a amamentação a uma nova dimensão, torná-la uma experiência mais interativa e participativa.

A ação envolve palestras, entrevistas, orientações e relatos. Apesar de intensificados durante esta semana, os trabalhos sobre a amamentação ocorrem durante o ano todo. Começam desde o início da gestação, quando a mãe procura uma das Unidades de Saúde da Família de Corumbá (USF's) para realizar o pré-natal ou durante visitas periódicas dos agentes de saúde. O município pantaneiro já tem toda a rede de atenção básica à saúde com 25 tutores capacitados para acompanhar mães e crianças durante o período de aleitamento. O processo de implantação da Rede Amamenta trouxe ao município 17 oficinas sobre aleitamento materno, cinco cursos de Manejo Básico em Amamentação, que resultaram na capacitação de 363 profissionais.

A programação da Semana do Aleitamento em Corumbá prevê para a próxima sexta-feira (5) um abraço coletivo em frente à Maternidade de Corumbá. O evento será às 11 horas com a presença de várias entidades da sociedade corumbaense. Nesta mesma data, às 9 horas, a ação de conscientização será por meio de panfletagens na Maternidade e no Posto Esdras, na fronteira entre Brasil e Bolívia, levando inclusive informações para as mães daquele país com panfletos escritos em espanhol.

O tema da campanha deste ano fala sobre as várias formas de explicar os benefícios do aleitamento para a mãe e o bebê, divulgar esses valores e aumentar o alcance das informações com os diversos recursos disponíveis na comunicação, como internet e redes sociais. Para se adequar, a Prefeitura criou um twitter: @amamentacorumba e um e-mail, com o objetivo de estreitar a relação entre a comunidade e o poder público municipal. O endereço eletrônico da Coordenação de Aleitamento Materno é redeamamentacorumba@hotmail.com.

Vínculo

Ao realizar ações educativas, como a da Semana do Aleitamento, as unidades básicas de saúde aumentam o vínculo com a população. "Quando chamamos a comunidade para participar de ações temos maior interação e aumentamos os laços", comentou a enfermeira coordenadora Leidilene Soares Ferreira da Silva, da UBSF do Beira Rio. No local, na tarde desta quarta-feira (03), diversas lactantes participaram de palestras educativas e puderam relatar as experiências com a amamentação. Para a secretária Leila Márcia Vilalva de Moraes Arruda, amamentar pela primeira vez foi uma grande emoção. "Durante a gravidez eu estava ansiosa por este momento. É o meu primeiro filho então recebi diversas orientações para que ele pudesse ter um desenvolvimento saudável", disse com o pequeno Caio de sete meses de idade.