Curso enfoca no reaproveitamento de alimentos do Compra Direta

Além de proporcionar ganho para produtores rurais de Corumbá, que vendem frutas, legumes e verduras para a Prefeitura Municipal, por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) na modalidade Compra Direta Local com Doação Simultânea, a iniciativa também beneficia várias instituições assistenciais; Hospital da Caridade e escolas municipais por meio das doações. Um curso realizado durante a última sexta-feira e sábado (29 e 30) repassou informações para as merendeiras que usam esses produtos naturais adquiridos pelo programa. O objetivo foi ensinar as técnicas de reaproveitamento dos alimentos.

Dividido em parte teórica e prática, o curso foi realizado por meio de uma parceria entre a Prefeitura Municipal, Sindicato Rural de Corumbá e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). A capacitação abordou pontos sobre planejamento da quantidade de produtos utilizados para fazer cada refeição; controle do desperdício e reaproveitamento. Ao todo, 20 merendeiras de várias instituições e escolas municipais participaram do encontro que aconteceu nas instalações do Centro de Qualificação para o Trabalho Dom Bosco, mantido pelo Município, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania.

"Quando a merendeira ou o cozinheiro não usa totalmente a verdura, fruta ou legume, muita coisa acaba indo para o lixo. Vários nutrientes estão localizados nos talos, cascas ou sementes. Queremos levar a mensagem de que é possível utilizar áreas que normalmente jogamos fora em diversas receitas", comentou a nutricionista Ocalicia Tiago Campos, do Senar. Nas aulas práticas os alunos fizeram receitas de dobradinha; arroz colorido; farofa; torta de banana; macarronadas; saladas entre outras.

Para o superintendente de Desenvolvimento Agrário, Juraci Aparecido Alves, o curso beneficia diretamente o público-alvo do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), ou seja, quem se alimenta com os produtos adquiridos pela Prefeitura Municipal. "Nós trabalhamos com os produtores rurais, mas é preciso levar informações também para quem utiliza estes produtos. Há épocas do ano que determinado produto é colhido em maior quantidade. Para evitar desperdícios precisamos ensinar as merendeiras alternativas de uso deste alimento, para que não seja jogado no lixo", explicou Juraci, responsável pela organização da capacitação.

Compra Direta

De acordo com Juraci, 148 produtores rurais estão cadastrados no PAA. São 204 tipos de legumes, frutas e verduras que são adquiridos pela Prefeitura Municipal diretamente do pequeno produtor rural e distribuídos a entidades assistenciais da cidade, de acordo com o Conselho Municipal de Assistência Social, bem como às escolas e creches da Rede Municipal de Ensino (Reme). Na cidade, o Compra Direta está sendo responsável pela complementação de 21,6 mil refeições diárias.

O programa foi retomado no início de fevereiro e para este ano, o Município está disponibilizando cerca de R$ 1 milhão para aquisição de parte da produção rural, proveniente dos assentamentos existentes na região. A iniciativa é desenvolvida em parceria com o Governo Federal, por meio do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, integrando uma das ações do Fome Zero.