Crianças ribeirinhas serão vacinadas durante ação Povo das Águas

A Prefeitura de Corumbá vai aproveitar mais uma edição do programa social Povo das Águas para vacinar crianças de zero a menos de cinco anos contra a paralisia infantil, e de um a seis anos, 11 meses e 29 dias, contra o sarampo. A ação acontece no período de 22 a 25 de agosto, em atendimento aos ribeirinhos do baixo Pantanal, de Corumbá até a região de Forte Coimbra. A imunização faz parte da segunda etapa da campanha nacional de vacinação contra a poliomielite, bem como contra o sarampo, que acontece paralelamente em todo o Mato Grosso do Sul, conforme orientação do Ministério da Saúde.

A disponibilização das vacinas Sabin (paralisia) e Tríplice Viral (sarampo, coqueluche e difteria) foi confirmada pelo chefe do setor de imunização da Prefeitura, enfermeiro Wangley Bento de Campos. Ele explicou que toda a zona rural de Corumbá e regiões de difícil acesso, estão sendo atendidas desde o início da semana. "Iniciamos pelos assentamentos e pelo Distrito de Albuquerque, por meio das nossas equipes da Estratégia de Saúde da Família. Já a população ribeirinha, inclusive quem reside em localidades de difícil acesso, será atendida pela ação Povo das Águas, como também por meio de uma parceria com a Marinha do Brasil e a Funai", disse, lembrando que esta última instituição, contribui especificamente na cobertura vacinal das crianças indígenas, os guatós, residentes na Aldeia Uberaba.

Outra observação do enfermeiro é que, nesta ação Povo das Águas, serão disponibilizadas somente doses das vacinas Sabin e Tríplice Viral para as crianças. Conforme ele, outros tipos de vacina serão aplicadas em outra oportunidade. O atendimento começa no dia 22, segunda-feira, no Porto Formigueiro, das 8h às 12 horas. Neste mesmo dia, à tarde, das 14h às 18 horas, será no Porto da Manga. No dia 23, será na região de Forte Coimbra, na Escola Municipal Ludovina Portocarrero, das 8h às 14 horas. Na quarta-feira (24), em Porto Esperança, em frente à Escola Municipal Rural Pólo Porto Esperança, das 8h às 14 horas. Já no dia 25, o atendimento será no Porto Morrinho.

A ação

Além de vacinar as crianças contra a paralisia e o sarampo, a 12ª edição do Povo das Águas vai permitir levar outros tipos de atendimentos médicos e sociais a cerca de 800 ribeirinhos da parte baixa do Pantanal, durante os quatro dias. A ação é coordenada pela da Secretaria Especial de Integração das Políticas Sociais, juntamente com as secretarias de Saúde, Educação, Assistência Social e Cidadania, Defesa Civil e a Fundação de Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário.