Corumbá ultrapassa meta do Ministério na vacinação contra polio

Com um total de 8.201crianças vacinadas, a cidade de Corumbá já ultrapassou a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde que era imunizar 95% das crianças com idade de zero a menos de cinco anos, na segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite. O número foi atingido neste sábado (13) durante o Dia D de combate à doença. O Município atingiu índice de 95,60%, de um total de 9.253 crianças nesta faixa etária.

Para chegar a este índice, a Prefeitura de Corumbá montou 16 postos de vacinação distribuídos em pontos estratégicos da cidade. Além disso, o trabalho coordenado pela Secretaria de Saúde, contou com a participação de uma equipe formada por mais de 250 pessoas. Paralelo à campanha contra a paralisia, o Município vacinou também crianças com idade entre um ano a seis anos, 11 meses e 29 dias, contra o sarampo. No dia, a cobertura foi de 8.450, 88% da meta que é vacinar 10.918.

O chefe do setor de imunização da Prefeitura, enfermeiro Wangley Bento de Campos, informou no início da noite de sábado que a campanha tem sequência até o dia 17 de setembro. Ele acredita que os índices contra a paralisia infantil, mais uma vez, ultrapassarão os 100%. Na primeira etapa chegou a 106,98% com 9.899 crianças vacinadas. "As doses tanto da Sabin, contra a paralisia, quanto a tríplice viral, que protege contra o sarampo, coqueluche e rubéola, continuarão disponíveis nos postos e nossas equipes da Estratégia de Saúde da Família iniciam os trabalhos na zona rural", disse Wangley, lembrando que a vacinação acontece também na Aldeia Guató, com apoio da Funai, e na região ribeirinha, por meio da Ação Povo das Águas e com apoio da Marinha do Brasil.

Ontem, foram aplicadas somente doses das vacinas Sabin e Tríplice Viral. "É uma campanha específica contra a paralisia e o sarampo e as outras vacinas, se alguma criança estiver com sua caderneta em atraso, iremos agendar a aplicação após 15 dias", explicou Wangley.