Corumbá terá 16 postos de vacinação contra paralisia e sarampo

O Dia D da segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite está marcado para sábado (13) em Corumbá e para atingir a meta estabelecida, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, vai disponibilizar um total de 16 postos de imunização, distribuídos em pontos estratégicos da cidade. A mesma estrutura será utilizada para a vacinação contra o sarampo, que está acontecendo paralelamente em todas as cidades do Mato Grosso do Sul.

A campanha contra a pólio e o sarampo está programada para o período das 08 às 17 horas e a meta da Prefeitura é vacinar 9.253 crianças de zero a menos de cinco anos, contra a paralisia, e 10.918, com idade entre um a seis anos, cinco meses e 29 dias, contra o sarampo. Apesar do Dia D estar marcado para sábado, a Secretaria de Saúde da Prefeitura já está disponibilizando os dois tipos de vaci na desde a última segunda-feira (08), nas unidades de saúde da Ladeira Cunha de Cruz, Paulo Maissato (Nova Corumbá), Breno de Medeiros (Popular Nova), Ênio Cunha (Cervejaria) e Fernando Moutinho (Cristo Redentor).

A imunização está a cargo do setor de imunização da Secretaria de Saúde. O chefe da área, enfermeiro Wangley Bento de Campos, solicita aos pais ou responsáveis, para que não deixem de lavar os filhos em um dos postos de vacinação, para imunização contra a paralisia e o sarampo. Lembra que é importante estar de posse também da caderneta de vacinação das crianças.

Mais de 250 profissionais estarão envolvidos na campanha que será estendida também à zona rural e região ribeirinha, por meio das equipes da Estratégia de Saúde da Família, bem como pelas ações sociais ribeirinhas, como Povo das Águas. Wangley informou ainda que, no Dia D, serão disponibilizadas somente as vacinas contra a paralisia infantil e o sarampo. Alerta a necessidade dos pais ou responsáveis, levar as crianças aos postos, munidos da caderneta de vacinação.

Sarampo

Durante esta segunda etapa da campanha contra a pólio, o Ministério da Saúde está disponibilizando também a vacina contra o sarampo que, na primeira etapa, aconteceu em oito estados brasileiros: São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Bahia, Ceará e Alagoas. Dessa vez, além de Mato Grosso do Sul, a vacina está disponível no Distrito Federal e os demais estados brasileiros. O objetivo é manter o Brasil sem transmissão disseminada do vírus causador do sarampo, uma vez que, neste momento, há surto da doença na Europa. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), desde o último mês de janeiro já foram registrados mais de 6,5 mil casos de sarampo – cinco mil deles, somente na França.

O sarampo é uma doença aguda, altamente contagiosa, transmitida por vírus. Os sintomas mais comuns são febre, tosse seca, exantema (manchas avermelhadas), coriza e conjuntivite. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções expelidas pelo doente ao tossir, falar ou respirar. O período de transmissão varia de quatro a seis dias antes do aparecimento do exantema até quatro dias após o surgimento das manchas. A vacina é o meio mais eficaz de prevenção.

Onde vacinar

Os postos na área urbana, para este sábado, serão as Unidades de Estratégia Saúde da Família Dom Bosco, na alameda Laranjeira s/n, no Dom Bosco; Beira Rio, na Delamare, s/n, no centro; Luiz Fragelli,a na rua Eugênio Cunha, no Universitário; Gastão de Oliveira, na rua Nossa Senhora Conceição, no Maria Leite; Vitória Régia, no conjunto Vitória Régia; Fernando Moutinho, na rua Rio Grande do Sul, no Cristo Redentor; Kadweus, na Cyríaco de Toledo, bairro Kadweus; Paulo Maissato, na Cyríaco de Toledo, bairro da Nova Corumbá; São Bartolomeu, na rua Pernambuco, no João de Deus; Humberto Pereira, na Luiz Feitosa Rodrigues, bairro Nossa Senhora de Fátima; Aeroporto, na rua Alan Kardec, bairro Aeroporto; Centro de Saúde da Mulher, na 15 de Novembro, centro; Centro Saúde da Ladeira Cunha e Cruz, na Ladeira Cunha e Cruz, centro; Ênio Cunha, na alameda Tamengo, na Cervejaria; Breno de Medeiros, na Cyríaco de Toledo, Popular Nova, e na Escola Municipal Fernando de Barros, no Centro América.