Corumbá é a 1ª cidade de MS a utilizar cães na Guarda Municipal

Corumbá é a primeira cidade de Mato Grosso do Sul a utilizar cães no patrulhamento realizado pela Guarda Municipal e, para isso, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Finanças e Administração, implantou o Canil da instituição. O local tem como finalidade principal oferecer o suporte necessário à execução do policiamento preventivo e repressivo com o emprego de cães, mediante planejamento próprio, atuando isoladamente ou em apoio a outras forças.

O decreto n°. 946, de 5 de agosto de 2011, assinado pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) e pelo secretário de Finanças e Administração, Daniel Martins Costa, estabelece os princípios e doutrinas para organização e funcionamento do estabelecimento. A Prefeitura já possui o prédio para o funcionamento do canil. Com a publicação do decreto, a Guarda Municipal vai iniciar a construção de locais apropriados para treinamento e habitação dos cães, além de outras medidas para garantir o bem-estar e também o acompanhamento veterinário dos animais.

De acordo com o comandante da Guarda, tenente-coronel Ubiratan Bueno, guardas já foram capacitados para utilizar os cachorros durante as operações de policiamento preventivo e proteção do patrimônio público. "Vamos trabalhar em eventos locais e, futuramente, atuaremos em conjunto com as forças policias, como por exemplo, para encontrar entorpecentes com o uso dos cães", comentou Ubiratan. Antes mesmo de o decreto ser assinado por Ruiter, seis guardas municipais participaram, em maio deste ano, de um curso ministrado pela Força Nacional de Segurança. O guarda Alessandro Alencar Pereira de Souza participou também do Estágio de Adestramento e Emprego de Cães de Guerra, uma capacitação oferecida pela 14ª Companhia de Polícia do Exército, em Campo Grande.

Corumbá é a primeira cidade de Mato Grosso do Sul a implantar e utilizar efetivamente cães na proteção de locais e prédios públicos do Município. Os guardas municipais já realizaram o policiamento durante as partidas válidas pelo Campeonato Estadual de Futebol – Série A e Sub-18, ambos no estádio Arthur Marinho, e também em eventos locais, como o Arraial do Banho de São João. A Guarda Municipal de Campo Grande e de outras cidades do Estado também já iniciaram o treinamento dos servidores, mas ainda não possuem canil nem legislação específica para iniciar as operações utilizando cães.

Canil

Entre os artigos do decreto está o que prevê como deve ser o espaço utilizado para habitação dos cães. O local deve ter largura mínima de 1,8 metro; 6 metros de comprimento; 2 metros de altura; parte coberta com 2 metros e descoberta com 4 metros. Neste espaço deve haver bebedouro com água encanada e esgoto canalizado; tablado de madeira; porta de madeira com visores e tranca de segurança; piso em cimento rústico e instalações elétricas.