Centro de Educação Infantil vai atender famílias do Ana Brites

As 800 famílias que vão habitar o novo conjunto que a Prefeitura de Corumbá está implantando na parte alta da cidade, o Ana de Fátima Brites Moreira, será dotado de toda infraestrutura necessária para permitir condições digna de vida àquelas pessoas residentes em condições precárias, inclusive em áreas de risco, como nas encostas das regiões de morraria. As últimas unidades estão em fase de conclusão. A praça esportiva e o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) já foram concluídos. Agora, o Município está construindo um Centro de Educação Infantil (creche e pré-escola), para atender as crianças da região.

O Centro de Educação Infantil faz parte dos equipamentos urbanos que a Prefeitura está colocando à disposição das 274 famílias já residentes no conjunto e das outras 526 que serão reassentadas no conjunto tão logo esteja dotado de água, rede de esgoto e energia elétrica. O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) resume o projeto como primordial que está permitindo a realização de um o sonho da casa própria para 800 famílias em situação de vulnerabilidade social, bem como acesso a equipamentos urbanos importantes, que garantirão melhores condições de vida para a comunidade.

A nova unidade de ensino está sendo construída na Rua José de Barros Maciel, ao lado do CRAS, em um espaço reservado também para a futura obra da unidade de saúde da região. O Centro de Educação Infantil contará com uma área edificada de 1.784,41 metros quadrados e vai suprir as necessidades da região, a partir da ocupação das 800 novas moradias do conjunto. Somente nesta obra, os investimentos somam R$ 1.343.170,71, recursos oriundos do Governo Federal, via Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), com contrapartida da Prefeitura.

A nova unidade de ensino será dotada de seis salas para a pré-escola; seis berçários; uma brinquedoteca; salas para professores, coordenadoria e secretaria; centro pedagógico; banheiros masculino e feminino; pátio coberto, além de outras dependências, tudo com acessibilidade. Com a sua implantação, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, vai evitar superlotação das escolas Clio Proença e a Almirante Tamandaré, próximas ao novo conjunto.

Infraestrutura

As obras que integram os equipamentos urbanos, fazem parte da terceira etapa do projeto Casa Nova, um novo conjunto específico para atender famílias de baixa renda. É dotado de toda infraestrutura necessária, como asfalto, rede de água, esgotamento sanitário, telefonia, energia elétrica, entre outros. Só de asfalto são 45,8 mil metros quadrados (28 quadras), além de 800 metros de galerias de água pluvial. Os investimentos somam R$ 28.525.000, sendo R$ 24.246.250 oriundos do Governo Federal e outros R$ 4.278.750 de contrapartida da Prefeitura.