Caixa aprova R$ 30,4 milhões em projetos do PAC 2 para Corumbá

A Caixa Econômica Federal aprovou os quatro projetos encaminhados pela Prefeitura de Corumbá e selecionados pelo Governo Federal, no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Os investimentos somam R$ 30.463.163,56 em obras de infraestrutura como unidades habitacionais, escolas, centro de saúde e intervenções em áreas de risco. O anúncio foi feito pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT), após receber a confirmação da instituição financeira. Além dos quatro projetos, o município está com outra proposta no Ministério das Cidades referente a obras de pavimentação asfáltica, também incluída no PAC 2, mas por meio de financiamento da Caixa, no valor de R$ 2,32 milhões.

Os projetos já haviam sido selecionados pelo Ministério das Cidades em 2010. Em dezembro, o prefeito participou de um encontro com o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, quando assinou Protocolo Federativo da segunda etapa do PAC 2, formalizando a seleção dos projetos e obras. No último dia 29, as quatro propostas foram aprovadas pela Caixa e, agora, a Prefeitura aguarda autorização para início de processo licitatório. Todas as obras contam com contrapartida da Prefeitura Municipal.

Foram aprovados dois projetos de infraestrutura, sendo um deles no valor de R$ 15.911.448,41 para construção de 200 unidades habitacionais, uma escola e uma Unidade Básica de Saúde (UBS) nos bairros Popular Nova e Jardim dos Estados. O segundo, no valor de R$ 13.901.715,15, prevê construção de outras 200 casas e mais uma escola no bairro Guató, junto ao conjunto Ana de Fátima Brites Moreira (PAC-Casa Nova). Os projetos prevêem inclusive a execução de obras de drenagem e asfalto nas áreas de intervenção.

O terceiro projeto (R$ 500 mil) refere-se à elaboração de projetos para regularização de encostas, e o quarto (R$ 150 mil) destina-se à elaboração do Plano Municipal para Redução de Riscos, os dois beneficiando as regiões dos bairros Beira Rio, Cervejaria, Generoso e Porto Geral. "Nossa equipe técnica cumpriu todos os prazos previstos, entregando os projetos dentro do que determina o Ministério das Cidades e, no dia 29, fomos informados da aprovação por parte da Caixa", observou o secretário de Infraestrutura, Habitação e Serviços Urbanos, Ricardo Campos Ametlla, adiantando que o quinto projeto prevê a segunda etapa de pavimentação asfáltica do bairro Maria Leite.

PAC Social

O prefeito corumbaense lembra que Corumbá, anteriormente, já havia sido contemplada com outros projetos que prevêem a construção de quadras esportivas escolares cobertas e de Centros de Educação Infantil (creche e pré-escola), no âmbito do Programa Pró-Infância, também com recursos provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), conhecido como PAC Social.

Serão três Centros de Educação Infantil, atendendo os bairros Maria Leite e Guató, além do conjunto Vitória Régia, atendendo também a comunidade do Camalote. Cada obra está orçada em R$ 1.329.977,12. Já as quadras poliesportivas cobertas serão erguidas na Escola Municipal José de Souza Damy e uma segunda na região do Camalote/Vitória Régia. Cada obra está orçada em torno de R$ 481,4 mil.