“Se Essa Rua Fosse Minha” leva ações sociais a bairros de Corumbá

A oitava edição do programa "Se Essa Rua Fosse Minha" está permitindo nesta terça-feira (19) mais duas atividades sociais que integram um grande projeto da Prefeitura de Corumbá que, além de proporcionar melhorias urbanas nas regiões contempladas, está possibilitando também capacitação profissional e orientações, acesso à produção e geração de renda a pessoas desempregadas, visando o resgate da autoestima.

A primeira atividade acontece das 15 horas às 16 horas, no Cristo Redentor. Trata-se de uma roda de conversa sobre "Os Direitos do Consumidor", a cargo do gerente do Procon Municipal, advogado Alexandre Carmo Taques Vasconcelos. O evento acontece na Alameda Simon Bolívar, na residência de um dos participantes da edição do programa. Já a segunda realização do dia será na Associação dos Moradores do Bairro Guatós, na Alameda Aguapé, por meio de uma oficina de artesanatos, a cargo do superintendente de Cultura da Fundação de Cultura e Turismo de Corumbá, José Antonio Garcia (Tanabi), no período das 16 horas às 17 horas.

As estratégias integram uma intensa programação idealizada pela Secretaria Especial de Integração das Políticas Sociais, que coordena o "Se Essa Rua Fosse Minha", no sentido de mobilizar a comunidade para uma aproximação que possibilite a discussão de demandas e solução de problemáticas em conjunto, frisando a importância do estreitamento das relações sociais em benefício da própria comunidade.

Esta edição do programa, considerado um dos carros-chefes da administração do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT), vai beneficiar os moradores do bairro Cristo Redentor e do conjunto Guató. Os serviços de pavimentação por meio de lajotas sextavadas serão executados nas alamedas Simão Bolívar, no Cristo, e Aguapé e Vitória Régia, no Guató. Cinquenta e cinco moradores dessas localidades estão participando da etapa de capacitação e qualificação profissional, efetuada em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).