Em reunião com Padilha, Ruiter busca investimentos para a saúde

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) se reúne na tarde desta terça-feira (19) com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, em Brasília (DF), a quem vai apresentar os projetos prioritários para a Saúde Pública no município. Entre os principais pleitos está a construção da UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) Neonatal e do Centro de Hemodinâmica do Hospital de Caridade de Corumbá, único da região e responsável pelo atendimento da população local, de Ladário e dos bolivianos que residem na fronteira.

No caso da UTI Neonatal, o processo de licitação já foi autorizado pelo prefeito. A obra será realizada com os recursos arrecadados durante o amistoso beneficente entre Botafogo e Corumbá, promovido pela Prefeitura em julho do ano passado. Somente a estrutura física está orçada em aproximadamente R$ 360 mil. A área onde a unidade será construída, dentro do terreno do hospital, foi desapropriada pela Prefeitura e a planta já foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Outras propostas que serão defendidas ao ministro para qualificação dos tratamentos de alta e média complexidade na cidade já foram apresentadas pelo secretário municipal de Saúde, Lauther da Silva Serra, durante o Congresso Nacional de Secretários de Saúde (Conasems), realizado no início do mês na Capital federal. A implantação de aparelhos de ressonância magnética e hemodinâmica, ambos com custeio do Ministério da Saúde, e de um setor de cirurgia vascular já foram protocolados no ministério.

Outra reivindicação da Prefeitura é a construção de mais 34 leitos na Santa Casa. A proposta é que sejam 10 leitos destinados para a cirurgia geral; 10 para vítimas de Acidente Cardiovascular (AVC) e Infarto Agudo do Miocárdio (IAM); 10 para clínica médica; e os outros quatro para cirurgia bariátrica. Os projetos também buscam a digitalização do Raio-X e do exame de mamografia do hospital, com tele-medicina anexada; melhorias no Centro Cirúrgico e UTI do hospital e reaparelhamento do Pronto Socorro Municipal, em fase final de reforma pela Prefeitura.

O objetivo agora é equipar o pronto atendimento com aparelho de Raio-X digital e eletrocardiograma, funcionando em toda a rede pública de saúde. A Administração municipal busca ainda recursos para ampliação das Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF), com a construção de salas de observação, adaptando a estrutura para o atendimento de urgência e emergência.