Corumbá debate políticas públicas de combate às drogas ilícitas

Prevenção, acolhimento e tratamento, reinserção social, repressão ao tráfico e legislação, são os cinco eixos que estão sendo amplamente debatidos em Corumbá, no primeiro Seminário Estadual de Políticas Públicas de Combate as Drogas. O evento foi iniciado na manhã desta sexta-feira (01) no Centro de Convenções do Pantanal de Corumbá e é apontado como de importância fundamental para subsidiar as políticas públicas nacionais de combate, prevenção e recuperação dos efeitos das drogas. O encontro está acontecendo em todo o Brasil por meio de uma iniciativa da Câmara dos Deputados Federais. No Mato Grosso do Sul, está sendo coordenado pelo deputado federal Fábio Trad (PMDB), tendo como relator o também deputado Luiz Henrique Mandetta (DEM), com apoio total da Prefeitura Municipal.

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT), que participa da abertura oficial à tarde, esteve presente no início da manhã no Centro de Convenções, dando as boas vindas aos deputados federal Fábio Trad, Luiz Mandetta, Givaldo Carimbão (PSB/AL) e Pastor Eurico (PSB/PE), além dos demais convidados. Ele colocou toda a estrutura do município à disposição da Comissão da Câmara dos Deputados e, devido a outra agenda, não teve como estar presente no início das discussões, marcada por uma palestra de Givaldo Carimbão, relator da Comissão Especial de Combate às Drogas, instalada na Câmara Federal para propor projetos de ação imediata ao problema do crack e outras drogas.

O prefeito destacou o encontro como de grande importância, vital para embasar a Comissão da Câmara, no estabelecimento de políticas públicas "para enfrentamento a este malefício". Ressaltou que vai aproveitar o seminário para mostrar as ações desenvolvidos pelo Poder Executivo, entre elas o programa Habilitar, voltado à recuperação de crianças e adolescentes, pioneiro na região Centro-Oeste, e que aproveitará o evento para apresentar o trabalho aos parlamentares, na busca de "apoio para solidificar as ações desenvolvidas no local".

Ruiter se mostra preocupado com a situação não só de Corumbá, mas a nível nacional, principalmente pelo fato de que "as crianças e os jovens integram um segmento bastante sensível a este problema". Conclamou toda a sociedade a participar desse momento, discutir, coletar o máximo de informações possíveis, para subsidiar o trabalho da Comissão da Câmara Federal.

Para o deputado federal Fábio Trad, o fato de Corumbá ter sido escolhida para sediar o seminário, não foi por fazer divisa com a Bolívia e enfrentar sérios problemas ligados ao tema. Conforme ele, mostra que "a cidade está preocupada, está engajada, trazendo parlamentares de todo o Pais, para discutir o problema e buscar soluções". Disse que, durante estes dois dias, o evento permitirá "envolver toda a sociedade", e que "é importante que todos estejam cientes dos perigos destas drogas e contribuam para seu enfrentamento".

A programação foi aberta de manhã com a palestra do deputado Givaldo Carimbão. Em seguida, foram iniciadas as discussões, com palestras, sobre o Eixo Prevenção; apresentação de propostas; debate, e perguntas da platéia. Os trabalhos serão reiniciados às 14 horas, com a abertura oficial do evento, seguido de palestra sobre acolhimento e tratamento; apresentação de propostas; debate; perguntas da platéia; palestra sobre reinserção social; apresentação de propostas; debate; perguntas da plateia, e às 19 horas, encerramento dos trabalhos do primeiro dia.

Já amanhã, dia 02, os trabalhos serão reiniciados às 07h30, com conferência e entrega de material. A primeira palestra do sábado será às 08 horas, sobre repressão ao tráfico; às 08h50, apresentação de propostas; 09h15, debate; 10 horas, perguntas da platéia; 10h15, palestra; 11h05, apresentação de propostas; 11h30, debate; 12h30, perguntas da platéia, e às 13 horas, leitura do relatório final.

O seminário está reunindo autoridades representativas de vários segmentos da sociedade, bem como dos Poderes Executivo, Legislastivo e Judiciário. Entre os presentes, o deputado estadual Paulo Duarte (PT); Lamartine de Figueiredo Costa, subsecretário de Relações Institucionais que representou o prefeito Ruiter Cunha na parte da manhã no Centro de Convenções; Sérgio Harfouche, presidente do Conselho Estadual Antidrogas, que representou o Ministério Público Estadual; Dom Segismundo Martinez, bispo diocesano de Corumbá, além de representantes do Exército, Marinha, Aeronáutica, Política Militar, Polícia Civil e Polícia Federal.