Prefeitura projeta inaugurar viaduto no aniversário de Corumbá

Corumbá comemora 233 anos de fundação em 21 de setembro e, de presente, vai ganhar uma das obras mais emblemáticas das últimas décadas: o viaduto da Rua 13 de Junho. A obra está em plena execução e pelo cronograma estabelecido pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT), será concluída bem antes do aniversário. Nos próximos dias começam os serviços de concretagem das 48 vigas que estão sendo instaladas sobre os pilares construídos no vão existente entre as ruas Firmo de Matos e Luiz Feitosa.

Concluído, o viaduto vai ligar definitivamente o centro da cidade a bairros localizados na região oeste, tornando-se um novo acesso à Bolívia. A obra física, conforme anunciou o próprio chefe do executivo corumbaense, estará concluída antes de setembro. No entanto, com as intervenções que serão necessárias no pavimento da Rua 13 de Junho e também na implantação de equipamentos de segurança de trânsito em todo o trecho, a entrega ocorrerá durante as comemorações do aniversário da cidade.

O viaduto, segundo Ruiter, vai garantir maior acessibilidade e mobilidade urbana. Com a conclusão, a Rua 13 de Junho será uma nova alternativa para o tráfego de veículos e de pedestres na região, desafogando o tráfego da Rua Dom Aquino, considerado o mais intenso de toda a área urbana do município e que está estrangulado, pelo fato de ser uma das únicas opções de acesso à Bolívia.

Os serviços estão sendo acompanhados de perto pelo secretário de Infraestrutura, Habitação e Serviços Urbanos, engenheiro Ricardo Ametlla. Ele informa que o cronograma estabelecido pelo prefeito está sendo seguido à risca. "Acredito que ainda esta semana, ou no mais tardar no início da outra, concluiremos o lançamento das vigas sobre os pilares, nos três vãos existentes do viaduto", informou.

Conforme Ametlla, esta etapa está sendo demorada pelo fato de que as vigas e a estrutura necessária para instalação das mesmas, foram confeccionadas fora de Corumbá, em outro Estado. "Com a treliça (equipamento que faz o lançamento das peças) montada sobre os três vãos, o trabalho agora se torna mais rápido, para que possamos dar sequência à obra, executando a concretagem e, posteriormente, a pavimentação do local e serviços complementares, inclusive de segurança", informou.

No local estão sendo instaladas 48 vigas de concreto (16 por vão), cada uma pesando 17 toneladas. O viaduto terá 90 metros de extensão por 12 metros de largura, além de calçadas nos dois lados, e outros equipamentos de segurança. Os investimentos somam R$ 2.979.271, recursos próprios da Prefeitura e oriundos do Governo Federal, viabilizados pelo deputado Estadual Paulo Duarte (PT).

Segurança

Ametlla lembra ainda que a Prefeitura vai intervir no pavimento existente na 13 de Junho, inclusive com a eliminação do pequeno canteiro central existente entre a Luis Feitosa e o viaduto. Conforme ele, isto se faz necessário para maior fluidez do tráfego de veículos na região, a partir da conclusão da obra. Assegurou que a região contará com sinalização necessária, vertical, horizontal e até mesmo redutores de velocidade, para garantir segurança no trânsito, evitando transtornos aos moradores locais.

Outro assunto lembrado pelo secretário diz respeito ao fim do isolamento do local. "Antes, o acesso ocorria somente pela escadaria existente no vão. Com o viaduto, a região estará interligada, aumentando o fluxo de pessoas e de veículos. Vai acabar com o isolamento, possibilitar maior segurança aos moradores, além de valorizar os imóveis existentes na região", comentou.