Projeto delimita a zona de proteção do Aeroporto Internacional

O secretário de Gestão Governamental, Cássio Augusto da Costa Marques, recebeu nesta quinta-feira (26), do superintendente da Infraero em Corumbá, Carlos Alberto Rocha, projeto que dá andamento ao processo de homologação da pista do Aeroporto Internacional da cidade. As medidas propostas vão enquadrar o aeroporto à portaria que regulamenta as zonas de proteção dos aeródromos. "Teremos que fazer algumas adequações em determinados pontos da cidade, como poda de árvores e reposicionamento de antenas", explicou Cássio.

Em alguns locais, ficará proibida a construção de edifícios. "O Município vai providenciar este levantamento para determinar o que está dentro desta zona de abrangência", complementou o secretário. Segundo o superintendente regional da Infraero, as medidas acompanham o momento de desenvolvimento pela qual passa Corumbá, principalmente no transporte aéreo. "Temos duas empresas operando na região e as expectativas são muito boas para o setor", afirmou Rocha.

No encontro, ficou definido também que a praça existente na frente do Aeroporto Internacional será doada para a União. "A Infraero já tem um recurso, na ordem de aproximadamente R$ 3,5 milhões, para reformar e ampliar aquele espaço, aumento as vagas para estacionamento e o conforto dos usuários", comentou o subsecretário de Relações Institucionais, Lamartine de Figueiredo Costa. As obras vão melhorar o sistema viário e a infraestrutura urbana do local.

A diretora-presidente da Fundação de Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário de Corumbá, Luciene Deová, participou da reunião, realizada na Prefeitura de Corumbá. Todo o trabalho de poda e possível retirada das árvores será coordenado pela Fundação. "Vamos buscar o menor impacto possível para a comunidade", garantiu Luciene. Os trabalhos devem começar em breve.