Prefeitura informa erro de processamento em desconto do Sinted

A Gerência de Recursos Humanos da Prefeitura Municipal comunica aos servidores da Educação, filiados ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinted) de Corumbá que, na folha de pagamento salarial referente ao mês de abril, ocorreu um erro no processamento de dados relativos ao desconto em favor do sindicato. O valor repassado foi acima do percentual estabelecido e o ressarcimento ocorrerá no pagamento do salário de maio.

A questão foi levantada na noite de segunda-feira (23) pela própria diretoria do Sinted, durante reunião com o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT), que orientou sua equipe para rever a situação. Esta manhã, o erro foi detectado e repassado ao Sindicato que irá restituir o valor repassado a maior, para que seja revertido aos servidores.

A reunião com o prefeito aconteceu à noite e teve participação da diretoria do Sinted. Na oportunidade, o chefe do executivo corumbaense reafirmou ao presidente Luizio Espinoza que vai manter a política de valorização dos professores e técnicos administrativos da Secretaria de Educação. Segundo Ruiter, todos os benefícios conquistados nos últimos anos serão mantidos até o final da sua administração. Citou como exemplo o Estatuto do Magistério que está em fase final de elaboração. "Vamos encaminhar o projeto de lei à Câmara, para apreciação dos vereadores, até a primeira quinzena de junho", anunciou.

Outros assuntos da pauta referiram-se a concurso público para seleção de candidatos para preencher vagas ociosas causadas por aposentadorias, demissões e substituir servidores contratados por prazo determinado, inclusive profissionais da educação (professores) convocados, além de formar cadastro de reserva; instituição da política de Gestão Democrática praticada hoje pelo município, para evitar que estas conquistas dos últimos anos não sejam eliminadas em futuras administrações.

Além disso, o prefeito garantiu que dará continuidade à política salarial adotada por ele no início da sua primeira gestão, valorizando o profissional que atua na área da educação, em que pese as dificuldades financeiras do município. Ele assegurou que a categoria terá ganho real, inclusive com o aumento do percentual para quem trabalha em região de difícil acesso, na zona rural. Anunciou também que o reajuste será retroativo a 1º de maio.