Povo das Águas atende famílias ribeirinhas ao norte de Corumbá

A Prefeitura de Corumbá iniciou nesta quarta-feira (18), atendimento às famílias ribeirinhas da região do São Lourenço, por meio da oitava edição do programa social Povo das Águas. A equipe formada por 20 profissionais, está na localidade do Porto 7 de Setembro e no Interposto da Organização Não Governamental (ONG) Ecoa, ao lado da Escola Municipal Rural Polo Porto Esperança – Extensão São Lourenço, levando uma série de atendimentos médicos, odontológicos, educativos e sociais.

Na quinta-feira (19), a ação será na região do Porto São Pedro, São Francisco, Bonfim, Mato Grande e Porto Chané, todos no acampamento Tarumeiro, a partir das 8 horas. Também, a equipe atende os ribeirinhos do Paraguai Mirim. Os serviços serão realizados na Ilha Verde, ao lado da Escola Municipal Rural Pólo Porto Esperança – Extensão Paraguai Mirim, a partir das 14 horas.

Na sexta-feira (20), a ação chega aos moradores do Castelo. Os trabalhos terão início às 8 horas no Porto Zequinha. No sábado, o Programa Social encerra sua oitava edição – a segunda de 2011 – na região do São Domingos Ramos, no Porto Maracangalha, também às 8 horas. O Povo das Águas é coordenado pela Secretaria Especial de Integração das Políticas Sociais e envolve as secretarias de Saúde, Educação, Assistência Social e Cidadania, Defesa Civil e a Fundação de Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário.

Nesta edição, a previsão é atender 153 famílias, todas moradoras da parte alta do Rio Paraguai. Nestes locais, a cheia do Pantanal isolou ainda mais os ribeirinhos. Na semana passada, técnicas do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS Itinerante) estiveram na região atendendo os indígenas residentes na Aldeia Uberaba, na Ilha de Ínsua, e constaram as dificuldades enfrentadas pelas pessoas que residem ao longo de toda a área.