Faculdade Salesiana de Santa Teresa abre biblioteca à comunidade

A Faculdade Salesiana de Santa Teresa abriu nesta terça-feira (24) o acesso de sua biblioteca à comunidade estudantil de Corumbá e Ladário. Localizado no térreo da instituição educacional, situada no cruzamento das ruas Dom Aquino e XV de Novembro, o espaço oferece variados títulos sobre Direito, Economia, Filosofia, História, Literatura, Cultura Regional e outras disciplinas. Para poder pesquisar o acervo, o usuário que não for aluno da faculdade precisa apresentar uma foto 3×4 e comprovante de residência para confecção de uma carteirinha. Os livros só podem ser consultados no local.

A biblioteca recebeu o nome de Dom Miguel Alagna, ex-diretor do Colégio Santa Teresa e principal responsável pela construção do Santuário de Maria Auxiliadora. "Os livros registram a sua história e o quanto ele serviu à obra de Dom Bosco em Corumbá. A identidade dessa biblioteca é uma justa homenagem ao padre que dedicou-se muito à formação de jovens de famílias de baixa renda", destacou em seu discurso o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT), que participou da solenidade ao lado da primeira-dama e professora Beatriz Cavassa de Oliveira.

"Ao que soube, naqueles tempos, as obras do então padre Miguel Alagna já contavam com o apoio do nosso querido padre Ernesto Sassida. É de imaginar a força e o exemplo dessa união", complementou o prefeito, lembrando ainda do ganho que a comunidade teve com a iniciativa da Faculdade. "Abrir as portas para o conhecimento a partir da leitura e da pesquisa bibliográfica é ampliar a visão sobre o mundo e sobre a relação do homem com o universo".

Ruiter aproveitou a oportunidade para agradecer todos os salesianos, em especial aos diretores da Faculdade, pela abertura da biblioteca. "Parabéns aos idealizadores e a todos que trabalharam para que esse conteúdo tão rico fosse aberto à comunidade de Corumbá. Imagino quanto bem fará a todos nós", finalizou. A biblioteca conta com acesso à internet, ar-condicionado e educadores que acompanham os estudantes nas pesquisas.